terça-feira, 22 de abril de 2008

O Estilo é Agressivo!...

Na semana passada pela primeira vez minha progenitora (vulgarmente conhecida como mamãe) tomou conhecimento do blog “Ditos pelo Maldito”, ...ela deu uma minuciosa lida com ênfase no post “De puta que pariu pra Puta que Pariuuuuu!”,..aguardei ansioso por um comentário, e tudo que foi dito por ela foi: “É agressivo,...mas é o seu estilo! Mas não combina comigo.”,...isso meio que foi um balde de água fria no Maldito. No mesmo dia uma pessoa pequena e sem significância diz o mesmo pra mim: “ Suas palavras são muito agressivas!”,...Que merda! Eu pensando que o meu estilo é tipo o do De Leve: O Estilo Foda-se,...e acabo me descobrindo a Vanguarda do Estilo Agressivo. Que seja,...é sempre melhor deixar as pessoas definirem você, e não ao contrário,...vai me dizer que tu não odeia aquelas pessoas que se aproximam de você já meio que dizendo o que você deveria pensar dela?
Claro que tudo isso não mudará em nada a maneira que o blog é feito, esse blog é compromisso, não é viagem (citando Sabotage)...
Então fica assim definido como agressivo o estilo do “Dito pelo Maldito”.
Tenho aqui algumas palavras que se encaixam bem nessa situação:

Eu sei que ninguém me conhece, faz bem se me esquece, na hora de chamar nem se interesse.Fala errado que nem prece. Isso me motiva na escrita, a não esquiva das pepita as mentiras ditas que são nocivas e você acredita, as rima dos engodos que são decisiva pra quem não imita o deboche a todos que tira a alternativa dos "É nós na fita!"A cultiva da base mais frase kamikase que ativa irritabilidade quando a habilidade passiva faz com que grita: “Seu pela saco!!!”.
O ódio me persegue e segue seu caminho, que consegue me aporrinhá dizendo algo do tipo: "Vem e me pegue!",... não me ignore, nem me adore, chore com o que falo e decore minhas babaquices, só não deixe que a palhaçada more na sua casa, não faça piada pra aparecer, deixa isso comigo que sou babaca e sei fazer "Será que sabe fazer?!” ,...claro! Vagabundo se arrasa 10 anos falando a mesma merda, se falar mal do sistema adiantasse não estaria tudo a mesma merda. Não me critique, quem não bota comida na minha boca, fazer xilique não impede meu trambique, a sua voz só fica é roca. Eu sou aquele que tu não conhecia e subestimava aquele que esculacha a tia que amava, e ela nem sabia o que se passava e quando de dia andava na rua e ria quando cumprimentava, falaria que tava em casa só pra ver quem abriria a trava.
Maldito e seu gosto amargo, quem se atreve a dizer que Vanessa Camargo canta bem leve pra casa, Fidel e seu embargo tão inútil e falso quanto Hebe Camargo, e a plebe ainda vê essas bosta,... eu boto é de costas e como com aspargo. Adoro mentira, imploro nela pra ver a criatividade de quem a expira e faz tão naturalmente como respira isso me motiva no improviso a cara de nego puto sem aviso, quando mostro meu sorriso e meu escornio liso.
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
0 Comentários

0 . :

Postar um comentário