terça-feira, 13 de maio de 2008

Crônicas de um amor louco - BUK

Não sei quanto a vocês, mas eu não consigo ler somente um livro por vez. Preciso de pelo menos um livro para cada ato rotineiro da minha vida. Confuso? Eu explico. Preciso de 1 livro para os longos trajetos de ônibus e viagens, normalmente esses costumam ser longos, com histórias no estilo aventura, policial, romance, etc,...preciso de 1 livro de cabeceira, que costumam ser autobiográficos, sozinho na cama posso prender melhor a atenção no que estou lendo,....e um curtinho de poemas ou contos para ler ferozmente toda vez que for ao banheiro (afinal, tenho uma bunda intelectual como eu, que só caga lendo). E foi nessas investidas ao “Toiallet” que acabei de ler o “Crônicas de um amor louco-Parte I” do meu ídolo Charles Bukowski (Já que eu tinha lido a parte II primeiro),...Poxa! Nem tem o que falar do velho safado e da sua obra, se algum dia tu encontrar um livro do Buk que não seja bom, com certeza o livro não é dele. Demorei um bom tempo para terminar de ler esse livro de propósito, por ser o último dele que eu comprei e ainda não tinha lido,...fiz uma enorme cera, e só aceitei lê-lo até o final porque já tinha encomendado mais dois dele, a qual tenho esperado a chegada ansiosamente.

Sei que mais dias ou menos dias, nesse rítimo, terei lido tudo que o velho escreveu, e já me pergunto o que lerei após? Como viverei sem as vigarices de Bukowisk? Mas até lá ainda tem muitos livros dele na minha lista para serem digeridos, alguns ainda nem foram publicados no Brasil, como muitos de poesia deles,...mas graças aos céus a editora LP&M tem facilitado a minha vida, traduzindo vários dos livros do velho safado em edição de bolso, com um precinho que dá gosto de ver,....

Até lá ainda terei muitas idas ao banheiro.

Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
9 Comentários

9 comentários :

  1. o maior defeito de bukowski é exatamente como vicia.
    eu também nem sei mais viver sem, e olha que comecei a ler meio por acaso dia desses.

    ResponderExcluir
  2. Com certeza,...
    E enquanto escrevo isso aqui, saltito de alegria pois acaba de chegar nesse instante pelo correio, mais um livro do Bukwoski que eu encomendei semana passada, o Factotum,...muito excelente

    ResponderExcluir
  3. Engraçado eu passar aqui justamente enquanto leio Hollywood. Primeiro encontro com o velho alcoólatra, mas rolou uma boa identificação...

    ResponderExcluir
  4. ah obrigada.( quanto ao meu blog)

    sim comentou lá eu vi , vc tem razão mas tinham coisas que precisavam serem esclarecidas pra sociedade pra não restarem mais dúvidas essa é a primeira e ultima vez que nos desgastaremos responde tal provocações. Mas quem é vc mesmo?

    =P

    ResponderExcluir
  5. Que bacana Helder,...eu já li este, não digo que seja um dos melhores, mas é ótimo para quem tá iniciando a ler as notas do velho safado.

    ResponderExcluir
  6. ah forasteiro é boa!
    tá certo emntão espera que por aí vem um evento \o da roça já que junho está recheado de arraiais..!
    vai ser tiração de onda legal \o/
    hehe

    volte sempre lá no meu tb
    ;)

    ResponderExcluir
  7. Ahh bucowski, fantástico.
    Li o Misto-quente.
    =)

    ResponderExcluir
  8. Poxa Kaline,...
    Misto-Quente é muito excelente,...boa escolha,...

    ResponderExcluir
  9. E viva o nosso Velho Safado!

    eu sou louca e obsecada por ele...do tipo que sonha, chora e ri á cada pagina!...

    Eu so leio o Buck pq me apaixonei por ele depois da "Indole da Multidão"..quando li aquilo disse: Estou apaixonada!

    beijos

    ResponderExcluir