quinta-feira, 12 de junho de 2008

ato sexualmente rotineiro

Em parte é o poder da rotina, um poder que mantém a maioria de nós. Um lugar para ir, uma coisa para fazer. Somos treinados desde o começo. Sair, entrar. Talvez haja alguma coisa interessante lá.
Que sonho ignorante! Parece a época em que eu saía para arranjar mulheres nos bares. Pensava, talvez esta seja a certa. Outra rotina. Mesmo assim, durante o ato sexual, pensava, esta é outra rotina. Estou fazendo o que acham que devo fazer. Me sentia ridículo, mas mesmo assim seguia em frente. O que mais poderia fazer? Bem, deveria ter parado.
Deveria ter parado e dito (ou mal dito):
- Olhe Garota, estamos sendo enganados,...estamos sendo apenas mais uma ferramenta estúpida da Natureza.
- Como assim?
- Digo,...é como os animais, tu já reparou em um casal de largatixa fodendo, ou algo assim?
- Você é maluco,...vou dar o fora daqui,....
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
6 Comentários

6 comentários :

  1. Vai entender as loucuras desse maldito, bendito, desse cara que diz e tem tando a dizer...
    a rotina é uma merda!
    beijosss
    miss you

    ResponderExcluir
  2. ola!
    Parabens pelo blog, muito inteligente com textos brilhantes, add nos meus indicados pois vou voltar para acompanhar a saga do jovem que está por vim.
    Gostei da visita ... volte quando quiser.
    Adorei a frase "estamos sendo apenas mais uma ferramenta estúpida", realmente muitas vezes nos próprios nos enganamos, agindo pelos instintos animais, sem usar a importancia da inteligência humana.
    até...

    ResponderExcluir
  3. (risos)
    Vem cá, vc já encontrou a tampa da sua lata? Acho que não.

    Talvez mereça mais do que rotina. Todos nós merecemos mais do que rotina.

    Aí, afinal, vc pergunta "qual o segredo?". O segredo é achar a pessoa que não te deixará entendiado. Tipo aquela menina que toma sorvete diretamente do pote, ou anda parecendo uma bailarina, ou faz questão de ser feliz apenas nos seus ombros brincando de macaquinho nas ruas. Aquela menina que olha nos seus olhos e sorri por saber o que vai dizer, ou reclama do chulé sem ter noção do que fala, ou dança dentro do carro, com os vidros fechados sem se importar com os outros vendo de fora...

    Essa menina fará o melhor sexo que você imagina, não por ser boa de cama, mas por estar sintonizada contigo.

    Huum... Desculpe-me. Acho que exagerei no primeiro comentário, né?

    De qualquer forma, gostei de visitar-te hoje.

    ResponderExcluir
  4. Se repararmos bem, somos estúpidos na maioria de nossos atos [para não dizer em todos]. Mas como nós, humanos, temos outro ato não menos estúpido, e que nos apegamos demasiadamente: a autoludibriação, vamos levando em frente essa mesquinhez chamada de vida. É foda!

    Muito bom o post!

    ;)

    ResponderExcluir
  5. Melhor deixar a parada para o final da transa, ou para o início - Ao menos poupa-se o preservativo. kkk
    Ótimo texto, cara!

    Abs

    ResponderExcluir
  6. o amor eh soh 1 pretexto tosco pra procriar a especie.

    ResponderExcluir