segunda-feira, 21 de julho de 2008

Puta que Pariu, que merda,a Dercy morreu, Porra!


Era inevitável,...mais não esperado! A Dercy veio a falecer esse fim de semana, e a notícia chegou a mim da maneira mais inusitada que eu podia imaginar (Não vou comentar essa maneira, porque envolve, bebida,mulher, música, e um maldito fatigado...e tenho certeza que vocês não querem ouvir essa parte chata).
Dercy morava a poucas ruas de mim, no Catete, não era raro eu encontrá-la saindo ou entrando no Bingo do Catete quando eu ia ao Largo do Machado comer meu fettuccine sagrado na Parmê. Eu fazia questão de cumprimentá-la toda vez que nos cruzávamos, provavelmente ela não lembraria de mim, mas mesmo assim eu repetia o ritual. Dercy respondia com a maior cordialidade possível, com um largo sorriso.
Eu tive a sorte de ir a um de seus shows a anos atrás, era dia das mães. Ao término do show, Dercy recebeu todos da platéia atenciosamente em cima do palco, distribuindo autógrafos e simpatia,um a um.... no dia eu estava brigado com minha mãe, e esperei na fila pacientemente até chegar a minha vez de cumprimentá-la,...
-Parabens Dercy. Você é mesmo um espetáculo.
-Que bom que você gostou rapaz!
-Ah! E feliz dias das mães pra senhora.
-Obrigado,...mais porra, tu já disse isso pra sua mãe hoje?
Cara,...aquilo foi um tiro no coração. Mau cheguei em casa e corri para dizer “Feliz dia das mães” para minha mãe. E o único presente que eu tinha para dar a ela era,...o autógrafo da Dercy Gonçalves.
Sofri junto com Dercy no final de sua vida, quando via que nas suas últimas entrevistas ela tentava desesperadamente passar sua experiência de vida no pouco espaço da mídia que lhe era cedido, mas os jornalistas ignorantes só queriam ver o lado escrachado dela, forçando a barra de maneira repugnante para arrancar palavrões de Dercy, ato desprezível. Acho que ela era como eu, nunca forço minha vulgaridade, deixo ela sair naturalmente.
Dercy soube viver, envelhecer e morrer,...espero ter a mesma sorte que ela.
E terminando como ela mesmo pediu:

“Escrevam o que eu digo: eu só vou morrer quando eu quiser! Não programo morte, eu programo vida!"
Dercy Gonçalves
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
44 Comentários

44 comentários :

  1. Oiiii, pois é, quem não quer chegar a idade da Dercy com a vitalidade e vontade de viver que ela tinha né?
    Isso sim que é viver!
    Eu não disse que voltaria, então, voltei! e adoro sempre estar aqui...acabei de responder um meme das músicas, igual o teu ali de baixo...as tuas respostas ficaram muito boas, heeh
    Beijão

    ResponderExcluir
  2. e eu que achava que ia morrer primeiro que ela...

    ResponderExcluir
  3. Show sua crônica sobre a já saudosa Dercy.
    A morte é assim... Mas ela deve estar curtindo!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Acho que a morte da \dercy é o anúncio do fim dos tempos... realmente sabíamos que a morte dela seria inevitável, mas eu não esperava que fosse assim, tão rápido! Pelo que ouvi, ela tava num bingo, qdo sentiu uns calafrios e foi pra casa... logo depois tava no hospital, teve complicações e morreu. Pelo menos foi uma morte rápida e não sofreu.
    Eu gostava mto de vê-la, queria uma avó como ela!
    Mas agora quero me contentar em ser uma avó como ela (sem tantos palavrões, lógico)... pq aquilo fazia parte do "papel" que ela representava.
    Bjs, Mal... Tê-la como vizinha deveria ser um luxo, né?!

    ResponderExcluir
  5. Seu post não deixou de ser uma homenagem pra ela =)

    E que bacana a parte no qual ela "fez" vc dizer "feliz dia das mães" para a sua mãe.

    Nunca fui a um show dela, nunca acompanhei sua vida, mas fiquei admirado com a frase dela. Como gosto muito de histórias de figuras assim, vou pesquisar se existe alguma biografia dela.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  6. Por incrivel que pareça, a morte dela me pegou de surpresa. Apesar dos 101 anos (acertei?), foi muito de repente. Quando fiquei sabendo da morte dela, estava jogando sinuca. Ao ouvir o nome dela na Tvzinha do bar, soltei um "essa não morre nunca"...até saber do que se tratava a noticia...
    Saudades!

    ResponderExcluir
  7. Legal seu post pela visão de alguém que teve contato com a Dercy!

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Parecia imortal. Embora n�o achasse gra�a nos palavr�es que ela falava, j� fazia parte enraizada desse nosso Brasil...

    ResponderExcluir
  9. Sabe, pessoalmente ela deveria ser encantadora, mais humana do que comunicação em massa mostra. Privilégio hein, poder cumprimentar dercy ao vivo e a cores...

    ResponderExcluir
  10. Bah pensei que a Dercy nunca morreria...
    Queria te dar os parabéns pelo belo texto, pois a gnt só lê por aí textos, que debocham da quase imortal Dercy... Parabéns mesmo... Puxa vida, acho que vc, de maldito, não tem é nada!Rsrsrs
    Beeijos

    ResponderExcluir
  11. Eu nunca gostei da Dercy e nem dos palavrões dela, mas a sua história valeu um ótimo post. Gostei!

    ResponderExcluir
  12. ai q sorte vc morar perto dela
    realmente a noticia xokou u pais neah
    mas eh a vida
    a lei de Deus
    beijoo

    ResponderExcluir
  13. acredito que ela apagou as ultimas velinhas dela com os dedos...
    enfim,sentiremos a falta de Dercy.

    ResponderExcluir
  14. o titulo do post é o melhor!
    bem a cara da dercy!
    bjs

    ResponderExcluir
  15. vamos fazer 1 minuto se silêncio!

    ResponderExcluir
  16. Confesso que a gente entra...dá uma "volta" pelo seu blog...Vê um toque de maldito aqui...uma insete...ali...e daí para pra ler o texto sobre a dercy e pensa..."QUANTAS possibilidades tem de nos surpreender esse moço".....Porque se a primeira vista o blog tem um toque "dark"...e a gente pensa que vai encontrar textos sombrios...pesados...ACABA, no caso do texto que fala da morte da Dercy, lendo um texto quase poéticamente juvenil...
    Confesso que nem vou ler mais nada hoje...mas que vou voltar pra ver se esse é uma "linha", ou apenas umas das muitas possibilidades suas ao teclado..

    e obrigada pela visita ao meu blog...quando quiser comentar sobre os temas lá...vai ser um prazer....

    ResponderExcluir
  17. Cara, que testo bacana!
    Por incrível que pareça, eu custei a acreditar quando recebi a notícia da morte dela. Nas entrevistas ela me parecia tão forte, com tanta garra de viver sabe? Tanta gente por aí querendo morrer, desistindo da vida e ela lá, teimosa em permanecer todo o tempo que lhe possível por aqui. É triste.

    Mas enfim, ciclo da vida né? :(

    Adorei o blog viu? Voltarei sempre que possível. Um beijo!

    ResponderExcluir
  18. A Dercy era mesmo uma figura! Muito legal seu post,amigo! Bjos e boa semana!

    ResponderExcluir
  19. Nussa eu soube da morte dela quando o SBT informou com a Helen ganzarole e tals, eu não era fã dela mais sim da idade dela, eu não tava esperando a morte pq ela ja tava no 101 e parecia q nunca iria morrer, mais deus quis assim e ela como ela dizia ela morreu quando ela quis !


    Um beeijo :)

    ResponderExcluir
  20. sabe o que é engraçado?!é que normalmente qndos pessoas com idade avançada morrem, a gente sente, mas pensa:"ele já era velhinha mesmo"...com dercy não foi assim, pois ela (pelo menos pra mim), passava uma vitalidade invejável pra qquer mocinha de 20 anos...
    uma coisa pode-se dizer: ela viveu de verdade, com gosto!!!
    =***

    bjinhos!

    ResponderExcluir
  21. Olá, adorei seu recado na minha página...(risos).
    E esta crônica de hoje está um luxo garoto, bah! que legal poder passar pela Dercy na rua, caminhando, vizinhar,ela foi uma pessoa vitoriosa e devia espalhar essa energia alegre até quando caminhava na rua simplesmente e deixava seu sorriso para os transeuntes.
    Beleza!!
    Esplêndida semana prá ti.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Fiquei sabendo pela página do MSN, um pouco tarde já. Não esperava. Achei que ela fosse viver bastante tempo ainda.

    Não acompanhei quase nada da vida dela, mas o que eu achei mais legal, foi sempre a sinceridade dela.

    ;)

    ResponderExcluir
  23. degustável como sempre, mesmo que cada dia tenha um sabor diferente...

    ResponderExcluir
  24. Amei seu post Maldito,mesmo!Amei a visao humana q vc teve da Dercy,o contatoque vc teve com ela e td mais.Eu a admirava sim,e espero que ela esteja em um bom lugar agora,aquela mulher sabia o que era viver!

    ResponderExcluir
  25. respeitoso texto sobre a dercy....dificil de encontrar isso na net...a maioria vem com "ela já morreu faz tempo", "a dercy era uma mumia"e coisas do gênero.
    Também tive a oportunidade de assistir um show dela..e ainda na primeira fila! Coisas de um querido tio meu que sempre dizia : "ver Dercy é respirar vida e isso a gente tem que fazer de perto!"

    beijos

    ResponderExcluir
  26. É como disse uma amiga blogueira no post dela sobre a morte da Dercy: "perdemos nossa motherfucker mor".

    Eu não era fã dela, confesso. Mas admirava a questão da autenticidade. E gente autêntica sempre faz falta.

    Beijão ;)

    ResponderExcluir
  27. Tomei um susto quando soube da morte da Dercy, pra mim ela era imortal...


    :*

    ResponderExcluir
  28. Ela demorou mas foi.
    E deixou ensinamentos bons também... Já com mais de 100 anos e com aquela alegria que ela tinha! =)

    aii eu até acho que pelo local q eu estava foi sorte..
    tava tendo um FERVO de pagode lá e se fosse um pagodeiro bebado?!
    ai ia ficar ruim pro meu lado alçfhasir

    ResponderExcluir
  29. Adorei o que escreveu...
    A verdade é que ninguém fica pra semente, e com certeza essa mulher viveu como tinha que viver.

    Beijos

    ResponderExcluir
  30. Tive a oportunidade de encontrar a Dercy um dia dando entrevista perto da Avenida Paulista. Eu tava voltando da aula e não resisti, corri pra poder chegar perto dela...

    Pedi para tirar uma foto e ela foi muuuuuito simpática. Ela vai morar para sempre no meu coração, certeza!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  31. Post maravilhoso...
    gostei mesmo!!!
    Ela realmente era o máximo, incrível como alguém pode viver tão bem a vida...
    :) também quero ser igual a ela.

    BEIJOS

    ResponderExcluir
  32. Mal, tem outro presentinho no meu blog pra vc!
    E não é meme, hehehehe!
    Bjs

    ResponderExcluir
  33. E foi-se mesmo. Vâmo dar início ao bolão pelo Zagallo?? :D

    PS: Má e aí, como a gente resolve a parada do texto? Eu mando p/ ti?

    PS1: Vou te add no msn pooodeeeee?/me fazendo cara de pidona.

    ResponderExcluir
  34. Ah, esse post tá bom demais. Você tocou num ponto que eu abordaria caso houvesse escrito sobre a morte da Dercy: Ela falava o que lhe dava na telha, mas algumas pessoas queriam forçar a barra pra putaria sair de sua boca e assim alavancar audiência. Teve sorte de conhecer um pouco dela, do trabalho dela. Só a vi algumas vezes pela televisão. Mas admirava o jeito como ela levava sua vida, aproveitando cada segundo e sem medo da morte.

    =)

    ResponderExcluir
  35. Foda ela ter morrido! Eu nunca prestei muita atenção na Dercy, mas sempre soube o quão foda e à frente ela era...
    Deve ser moh legal mandar na vida assim e chegar aos 101 anos neh?

    :***

    ResponderExcluir
  36. Olá
    Bela homenagem...ela foi um exemplo de vida ,coragem e alegria!

    É uma pena mesmo que não deram a ela a oportunidade de mostrar um outro lado que não fosse o escrachado..

    grande braço

    ResponderExcluir
  37. Nossa, você era vizinho dela então? Legal!

    ResponderExcluir
  38. Mas bah...e nao é q a veia morreu!

    Serio...eu acreditava que ela era imortal!


    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  39. Adorei a história do dia das mães hehe
    Bom, Derci entra pra história...como ela não há!

    beijos!!

    ResponderExcluir
  40. Todo mundo já viveu o seu: Momento Dercy!
    Parabéns!

    ResponderExcluir