quarta-feira, 20 de agosto de 2008

O pior de tudo isso,...é isso tudo,...

Nesse final de semana fui informado tardiamente sobre a morte de um amigo. Como não moro mais no meu Rio de Janeiro, demoraram a me localizar. Foi suicídio,...ele pulou da janela de seu apartamento. Ainda não sei o andar, mas também não importa.
Não nos víamos já faz uns 2 ou 3 anos, mas já nos conhecíamos a mais de 10 anos, ele foi meu vizinho, estudamos no mesmo colégio, já tivemos banda, já viajamos juntos,...enfim, ele foi uma pessoa presente na minha vida. Temos boas histórias juntos, ou tinhamos?
Quero dizer,...bem,...de todos do grupo que freqüentávamos na época, ele era a última pessoa que eu pensaria que se suicidaria.
Fico pensando como o tempo é cruel conosco, meros seres humanos.

Pego uma foto antiga, talvez tenha 10 ou 12 anos, todos estamos reunidos e fazendo pose de mal para a câmera, antes de mais uma seção de RPG. Começo a correr os olhos pelos rostos, um a um,...
Dois, estão morando fora do país.
Outro rala como um condenado pra pagar pensão alimentícia
Um virou traficante
Outro virou polícia
Um, não fala mais comigo
Outro se afogou no vício.
Tem um que enlouqueceu
...e agora, um suicídio

E quanto a mim? O que acontecerá comigo?
Ficarei aqui riscando na foto, as faces dos que configuraram o meu passado? Condenado a ser o cronista de nossa queda?
Será que já não fui riscado, na foto do passado de algum antigo amigo?
Por enquanto eu ainda estou por aqui,...coexistindo, um dia de cada vez.

Quem de nós será o próximo? Quem de nós será o último?
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
39 Comentários

39 comentários :

  1. putz, que barra! nunca passei por uma experiência dessas...de perder um amigo, ainda mais nessas circunstâncias...

    mas é assim mesmo, é como eu disse em um post passado...cada um sabe a dor que carrega no coração...que sei amigo esteja em paz!

    ResponderExcluir
  2. Nossa cara, eu as vezes penso nisso ... ja tive amigos que se foram, outros que ficaram mas é como se tivessem ido!!

    O que podemos fazer, seguir ... sem ser piegas just keep walking..

    ResponderExcluir
  3. Nossa cara, eu as vezes penso nisso ... ja tive amigos que se foram, outros que ficaram mas é como se tivessem ido!!

    O que podemos fazer, seguir ... sem ser piegas just keep walking..

    ResponderExcluir
  4. Nossa to aqui pensando, uma pessoa pra ter coragem de fazer isso só pode ter um problema muito sério. Depressão é um destes fatores.
    E coração dos outros é terra que ngm mais pisa, a gente nunca sabe quando um sorriso vem dele ou é pela necessidade de se fazer parecer bem.

    Lamento pelo seu amigo. E não é só aqui no seu blog que eu li sobre isso. Isso tem me levado a pensar mais no que está virando este nosso mundo. As pessoas não tem mais amor à própria vida.


    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Nossa, sinto muito pelo seu amigo, deve ter sido difícil p/ você.
    um bom dia
    :*

    ResponderExcluir
  6. Pô,que triste saber que um velho amigo se matou,cara.
    Realmente,a vida é uma caixa de surpresas,digo,...o ser humano.Uma hora tá bem,outra tá um lixo!

    :/

    ResponderExcluir
  7. salve-se enquanto puder. sorte e luz para suportar as dores e segui o caminho certo.
    bjosss...

    ResponderExcluir
  8. Meus sentimentos pelo teu amigo.

    A vida toma rumos que todos nós desconhecemos até olhar para trás...

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Ei baby...continuo leitora assidua do blog, e acho importante informar que a familia dele acha q não foi suicidio...
    Airae conversou com um primo e ele levantou a possibilidade de alguem ter empurrado ele, justamente por ser o cara mais improvável de fazer um negocio desses....vai saber né!

    bjoca e até,

    Danna

    ResponderExcluir
  10. Esse é o tipo de texto que não dá para se comentar... Mas que faz a gente refletir pra caramba.

    ResponderExcluir
  11. Oie... Meus sentimentos, de verdade!!! =x Espero e estimo melhoras a ti!


    Falar de morte não é fácil. Abala a estrutura emocional de forma assustadora! Digo isso porque também sei o que é perder alguém que faz/fez parte de nossa vida.

    Um amigo meu também se suicidou. Faz uns 4 anos isso. Ele não aparentava problema ou distúrbio psicológico algum, mas tomava alguns remédios para controlar algumas manias e se adaptar a uma vida saudável. Num fim de semana normal, quando foi para a serra (da Cantareira) onde eu morava acerca de 3 anos atrás; depois de conversar comigo e com meus pais... logo mais a tarde, decorrente do horário de almoço, despediu-se de conhecidos e de nós. Ele estava ótimo, ao ver de todos! Chegando em São Paulo, em sua casa, quando a mãe dele o chamava incessantemente e ele não respondia, foi ao quarto dele e o viu enforcado em uma corda amarrada ao teto.

    Todos firmam na hipótese de ter sido algo premeditado. Teve um dia normal, aparentemente, mas psicologicamente, já tinha tudo elaborado. Foi chocante! Até hoje não me esqueço do impacto desse fato!!!


    Quando a morte é referida a alguém próximo, nos deparamos com inúmeros questionamentos e reflexões. Diria, que a vida passa a ser de outra forma, um certo amadurecimento é inevitável; mas a sensação de algo indescritível paira sem rumo!


    Enfim, espero que esteja melhor. Não o conheço e temos pouquissimo contato, porém, via blog. Mas espero de verdade que fique bem!!

    Beijão no coração
    até mais ;*

    ResponderExcluir
  12. Não dá pra prever o que acontecerá com cada um. Fazer o que, pra mim vidência não existe.
    O negócio é ir levando a vida como der e fazendo escolhas que tragam coisas boas. O passado às vezes tem que ficar no passado, e resgatá-las não adianta.

    Prefiro pensar que eu estou numa constante mudança de ares. Com esses ares mudan-se as pessoas, e as antigas não voltam. Não que eu não me importe com meus antigos amigos, mas é que, do jeito que as coisas andam hoje, é melhor pensar em si mesmo e nas pessoas mais próximas que nunca nos deixarão.

    Assim a coisa vai indo...

    ResponderExcluir
  13. A vida de poucas pessoas é normalzinha, a maioria das existências são conturbadas... Bjs

    ResponderExcluir
  14. Bá... suicídio é muito foda... não dá pra entender porque alguém faz isso...

    Viver cada dia de cada vez... acho que esse é o segredo da sanidade.

    ResponderExcluir
  15. suicídio é barra mesmo.
    :/
    po, ainda bem que isso nunca aconteceu com ninguém do meu círculo de amigos ou da família.

    beijão

    ResponderExcluir
  16. já dizia Machado de Assis ' nós matamos o tempo, mas ele nos enterra! ', o tempo é cruel demais, cruel para todos, para aqueles q souberam viver o tempo passou rápido demais, para aqueles q não aproveitaram a vida o tempo foi um vilão, enfim o tempo é nosso grande inimigo, mas também pode ser nosso aliado se entendermos q ele não pára! :)

    ;*

    ResponderExcluir
  17. Eu acho que a gente devia ter 10, 12 anos e fazer pose de mal pra foto com os amigos pra sempre...

    A vida é muito dura quando a gente cresce!!

    Beijos e fica bem

    ResponderExcluir
  18. Eu já fui riscada da foto de alguns amigos. Eu tbm já fui obrigada a riscá-los.
    Mas se vc prometer guardar segredo, eu confesso: gostaria de ter comigo alguns deles até hoje. Eles se foram de uma maneira ou de outra. Lamento!
    Sorte minha que eu tenho memória.
    Cuide-se, moço!

    ResponderExcluir
  19. A vida (ou a morte) é foda. Não nos acaricia o tempo inteiro, aliás, a maior parte desse tempo que nós temos aqui, vivos, é brindado com porradas em nossa face. Algumas nós esperamos ou entendemos... Outras nós nem imaginamos.

    Quando a morte colide com a nossa cara sempre é assim. Mesmo que estivéssemos esperando que ela acontecesse com alguém, vem uma onda de consternação e de inconformalidade. Somente os seres muito superiores encaram a morte com naturalidade - da boca pra fora e da "pra dentro" também.

    Você é um cara que já suportou várias porradas e, obviamente, eu também já suportei muitas. Não posso dizer que essa é só mais uma delas, pois iria desmerecer tudo o que o seu amigo fez em vida...

    O que posso te dizer, primo, é que tente levar a vida adiante e empenhe-se para que seja um dos vitoriosos desse grupo, sem se importar se será o próximo ou o último, pois isso não poderemos ter certeza nunca.

    Saudade de você, cara. Fica bem.

    ResponderExcluir
  20. É, o tempo transforma muita coisa mesmo...
    Sinto muito pelo seu amigo!!
    Cuide-se...
    Bjs

    ResponderExcluir
  21. ... e sempre assim: precisamos de um fato fatal, letal, para pensarmos sobre questões que envolvem ninguém menos que nós mesmos.

    É foda. Somos assim...

    ResponderExcluir
  22. Oi,amigo
    Obrigado poela visita!Volte sempre!

    Quero lhe dizer que sinto muito.Agora,o que precisa fazer é orar por ele e procurar esquecê-lo para que ele continue a sua viagem em Paz...

    abraço

    ResponderExcluir
  23. q horror!!!
    as vezes me pego imaginando como vai ser minha vida daqui a alguns anos...o que eu vou estar fazendo, como vao estar os amigos que estao comigo na minha adolescencia. Dah um medo de dar tudo errado...ai eu tento fazer a minha parte pra garantir pelo menos um futuro com boas lembranças do passado...
    beijoss

    ResponderExcluir
  24. putz. que texto.
    num vou nem parar pra refletir,se não minha hora de viver passa e sou eu a riscada.


    sorte ai camarada, a´vida é isso,
    mas pode ser bem melhor;.

    ResponderExcluir
  25. Nossa, muito chocante. Parece que um suicídio é algo muito pior que morte por acidente, por exemplo. nós, jovens, temos tanta sede de viver, viver tudo o que é possível de viver... que um suicidio assusta mesmo....
    Força aí!
    beijão

    ResponderExcluir
  26. noossa que triste (...)
    ~~=
    sinto muito por isso.

    mais triste ainda é viver nessa incerteza de como serão os próximos dias e, se eles realmente virão "/

    ninguém sabe ao certo como será o amanhã, se o futuro será um presente ou uma frustração, enfim...

    mas coragem para enfrentar o que tiver de vir e, muita força.

    , beeijo:*

    ResponderExcluir
  27. LISBOA * PORTUGAL
    ferreihenrique@gmail.com


    Boas

    Antes do mais: nunca fui «anónimo»! De profissão jornalista, assino sempre o que escrevo em jeito de opinião; nas notícias, naturalmente que não. Poratanto, fica descansado que comigo é assim, ok?

    Passei hoje por aqui para te dizer olá! E ver como vão as coisas. Pelo que vejo, felizmente bem. Repito: gosto deste blogue. Virei cá sempre que puder pois entendo que o mereces – e dá-me prazer.

    Espero também que voltes ao meu Travessa do Ferreira (www.travessadoferreira.blogspot.com). Ou que o visites pela primeira vez. Ficarei, podes ter a certeza, muito satisfeito.
    Qjs/Abs

    ResponderExcluir
  28. É muito estranho quando alguém próximo de nós morre, ainda mais quando é jovem. Ano passado uma amiga minha morreu de uma forma ridícula, de aneurisma cerebral. Tinha feito 18 anos há exatamente 1 mês. Fiquei tão chocada que não conseguia acreditar, não conseguia chorar. Só consegui chorar alguns dias depois quando a minha ficha caiu. Mas a vida é assim: uns vão, outros ficam; e não se sabe quem será o próximo, ou o último.

    Já risquei algumas pessoas da mina foto, e sei que já fui riscada de algumas. Com o tempo, a gente vê quem são os verdadeiros amigos. Já sofri muito com falsas amizades, por isso sou super seletiva com amizades hoje em dia.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  29. Sem maiores comentários.
    ...
    fique bem.

    ResponderExcluir
  30. .nossa!!!
    nem sei o que te falar!
    "/

    ResponderExcluir
  31. é.. as vezes fico pensando nisso,
    e não entendo mesmo o porquê das coisas.
    também já passei por uma dessa.
    conheci um kra, fomos amigos pra valer em pouquissimo tempo.
    em 1 semana já tinhamos saído 3 vezes juntos. foi bom pq ele me ensinou muita coisa.
    mas assim, como o inicio foi rápido, o fim também.
    ..
    ele quis ir e foi.
    18 dias depois da gente ter se conhecido.
    ..
    fiquei triste na hora,
    agora vejo q foi melhor ele ir.
    tente fazer como eu:
    encare como um recomeço.
    ^^
    apesar de todo fim ter seu começo.

    ResponderExcluir
  32. sinto muito pelo seu amigo!
    mas q belo texto esse seu!
    eu sempre acreditei q o suicida apenas escolheu a sua hora de morrer!
    mas não posso negar q para os q ficam é sempre difícil!
    quando a gente pára pra olhar pra trás e lembra q a nossa vida e a vida d cada um a nossa volta tomou rumos diferentes e estranho! mas na maioria das vezes é sempre isso q acontece! até pq se o futuro fosse sempre como nós imaginamos q seria, não teria tanta "graça"!

    ResponderExcluir
  33. Putz...
    cara, essa história é muito parecida com a do meu irmão.
    Ele tem tipo.. váaarias fotos dele com amigos, vendo a foto agora, dois amigos dele, irmãos, morreram, e pode acreditar, de dívida com drogas. Outro também raaaala, mas nao pra pagar pensão, pra conseguir sustentar a esposa e a filha, e o rapaz hoje tem 18 anos, e está desempregado no momento. E um, esse que agora só vai em macumba. =/

    E o triste é que eu conheci todos eles, e meu irmão, é talvez o personagem, como você, que teve o destino mais normal.

    O triste é conviver com as mudanças.

    Gostei do blog, e vou linkar,
    um abraço.

    ResponderExcluir
  34. Um tema complexo, dói falar sobre a morte, principalmente nessas circunstâncias...
    Eu me lembro de quando meu tio faleceu, em 1997...
    Eu não tinha idéia do que era suícidio...E agora, tantos obstáculos, traumas e crises depois, não faço idéia de quantas vezes, pensei em fazer o mesmo...
    Enfim, não sei se meu comentário tem muito a ver com o seu post...mas foi o que me veio em mente quando terminei d ler...

    ResponderExcluir
  35. Nunca tive amigos que morreram, mas eu já deixei de existir na foto de muitos deles. Alguns tbm foram sumindo das minhas.

    ;)

    ResponderExcluir
  36. a morte ronda a todos nos, sempre à espreita para nos marcar.
    e infelizmente não pode ser mudada, a vida sim, esta é cheia de escolhas que nos levam a caminhos.
    eu poderia e até qria dizer um milhão de coisas, mas hj não dá.
    somente expresso meus sentimentos por sua perda.
    bju

    ResponderExcluir
  37. Espero que vc seja o último.

    Nossa, não é fácil mesmo. Mas a gente muda muito. Os meninos que vc vê na foto não são MESMO as mesmas pessoas de outrora. Não converso com quase mais ngm q foi meu amigo na adolescência. E com a maioria eu nem quero mais papo. Não rola mais. Mudei mais do q todos.

    De td modo, acho que qdo estamos frente a frente com casos como o do seu amigo, damos mais valor à vida. Nenhum problema é tão grande assim a ponto de tirarmos nossa própria vida.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  38. O que tenho a lhe falar é que com a idade que tenho, multiplicidades de acontecimentos como este tenho vivido. Enfim, cá estamos. E, sempre sinto tanto, por eles, por mim e por todos...Hora de balanço e reflexão.


    Grande abraço

    ResponderExcluir