sábado, 6 de junho de 2009

Entre pausas.

.
O silencio não durou muito, logo Martins o quebrou com uma de suas perguntas:
-Vocês conhecem uma tal de Sandra?
Olhei para Casimiro primeiro, o meu olhar lhe cedia o direito de resposta. Em troca recebi uma risada lateral. Então me senti no direito de responder.
-Sai fora dela!
-Vocês conhecem? – o olhar e o sorriso lateral não passaram despercebidos para Martins.
-Qual de vocês já pegou ela?
-Os dois!- Essa resposta foi minha
-E ao mesmo tempo!-Essa foi a do Casimiro.
-Porra! Ta de sacanagem! Essa menina me adicionou no MSN, to fora então,...se vocês dois pegaram, quero nem saber!
-Alias, se bem me lembro ,nesse dia o Casimiro passou por um tremendo sufoco!
-Porra, não acredito que você foi lembrar disso agora!
-O que aconteceu? Conta ai,...quero saber!
-Esquece Martins, melhor nem saber! Isso é bobeira dele,...
-Poxa, foi tão ruim assim? Agora vocês vão ter que falar, o que aconteceu?
-Isso,... conta que eu quero saber, adoro essas histórias do universo masculino.
Após o rompimento do silêncio essa era a primeira vez que a única mulher da mesa havia se manifestado. Com isso, nós três acabamos gerando uma nova pausa, onde fitamos os nossos olhos em Kênia!
-Melhor deixar pra lá mesmo, ainda mais que tem uma mulher na mesa.Isso acabaria com a reputação do Casimiro. – Agora era eu, quem quebrava o silêncio, com uma alfinetada estratégica para aguçar a curiosidade de todos.
-Ah não, agora vocês vão ter que contar, ou então minha mente feminina vai começar a imaginar coisas. E olha que posso ser bem criativa.
-Nem pensar! Nem quero lembrar dessa história!
-Foi tão monstruoso assim?
-Pro Casimiro sim, mas pra mim, foi só engraçada! – outra alfinetada.
-Conta gente, eu não vou achar estranho, não tem nada em matéria de sexo que me assuste.
-E quem disse que envolve sexo na historia???- o comentário de Kênia realmente atingiu Casimiro, ela havia chutado no vazio e acertou em cheio suas bolas.
-Pra você se alterar assim é porque tem, conta ai poxa,... não vai sair daqui.
-Tá de sacanagem Martins? Desde quando o que é dito em mesa de bar, fica em mesa de bar?
-Ele tá certo Martins, se isso se espalha, vai dar merda!- acho que isso também foi uma alfinetada.
-Ahhhh,...já sei o que é!-os olhos de Casimiro se arregalaram. Ele olhou pra mim imaginando que eu pudesse ter de alguma maneira dado uma dica para Kênia, mas sabia que não tinha como isso ser possível. Poderia ser só mais um chute da Kênia, mas ela já tinha provado que era boa de mira.
Tentei salvar a pele dele:
-Deixa pra la Kênia, não tem como você adivinhar o que aconteceu. Foi escalafobético demais.
-Eu acho que sei sim,...vou falar na “Lingua das Bichas” pra não usar palavra feia,....ta bom? Ela passou um cheque? Foi isso?
Não ri na hora, mas explodi na gargalhada segundos depois quando fitei as caras de Martins e Casimiro que não entendiam a tal “língua das bichas”. Portanto também não sabiam se Kênia havia acertado no chute.
-Vocês não sabem o que significa “passar um cheque”?
-Poxa Kênia, ta na cara que eles não sabem,...mas posso adiantar que não foi isso!
Após meu comentário, uma nova pausa foi formada, composto pelo alívio de Casimiro e pelo aumento do espanto de Martins, que novamente quebrara o silêncio com uma nova pergunta:
-Você conhece essa tal “Lingua das Bichas”?
-Claro meu caro, no mundo globalizado, quem não fala mais de uma língua ta fudido! Se eu não soubesse falar a “língua das bichas” como eu conseguiria me comunicar com o Casimiro?
-Não achei graça, palhaço!
-O fato é que agora são duas questões assombrando a mesa.
-E pra variar eu to sempre por fora, nunca sei nada! – Martins estava certo, quando não pegava o bonde andando, era atropelado por ele.
-Mas agora eu to perdido que nem o Martins fica,...o que é passar um cheque, na língua dos heteros?
Enquanto Kênia ainda procurava as palavras para dar a explicação que Casimiro solicitou, eu me antecipei.
-Casimiro, é o seguinte,... lembra hoje mais cedo em uma conversa nossa, quando eu disse que não sou adepto do sexo anal, porque tenho um certo receio que “uma certa coisa” ocorra?
-Lembro,....então é isso? Ecaaaaaaaaaaaa!
Todos caímos na gargalhada, menos Martins é claro que até agora ainda permanecia na ignorância absoluta. Mas Kenia se encarregaria de acabar com isso.
-Bom, se não é isso, não consigo imaginar o que seja,...deixa de ser bobo Casimiro, conta ai!
-Ta bom, eu vou contar porque se não, esse babaca vai ficar atentando a noite toda,...
-Você vai contar?
-Eu vou né, se eu não contar você vai me azucrinar a noite toda com essas suas indiretas.
-Então vai em frente,...- molhei a garganta com a cerveja e acendi um cigarro para escutar a narração de Casimiro.
-É o seguinte, quando estávamos lá ficando, naquela putaria toda, teve uma hora que eu fui ao banheiro. E quando sai do banheiro eu fui logo tascando um beijo na menina,...sem saber o que eles tinham feito enquanto eu estava lá.
Essa foi a maior pausa de todas
...
HAhaHAHaHhHAhAH- E essa a maior gargalhada da noite até então.
-Não acredito! Que idiota! - Martins saciou sua curiosidade.
-Fazer o que, eu não sabia! – Casimiro se conformou
-Muita coragem da sua parte contar isso! – Eu queria finalizar o assunto com alguma frase de efeito, mas só consegui essa.
-Ah,...nada a ver, acho perfeitamente normal. Um acidente de percurso! – a frase da Kênia foi melhor de qualquer forma.
Nova pausa,....
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
10 Comentários

10 comentários :

  1. Ahahahahaha.. que situação!!! ahahahahaha
    Tô rindo ainda.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Ahahahaha!

    No mais, simplesmente achei o blog o máximo! vou voltar, lógico.

    Bjs e obrigada pela visita no meu.

    ResponderExcluir
  3. ahahahaa casimiro aprendeu a importância da comunicação não verbal!
    ahahah
    bju Mal, bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  4. É, pelo menos ele levou como um acidente de percurso, né...

    Beijos, moço

    ResponderExcluir
  5. HAHAHAHA! Vim agradecer seu comentário e visita e me deparo com um post desses, muuuito bom, adorei! Ah... e obrigada, apareça sempre que quiser/puder! Beijos!

    ResponderExcluir
  6. rsrsr amigo fura olho vc heimm maldito !!! só esperou ele sair rsr

    abs

    ResponderExcluir
  7. HAHAHAHAHAHAHAHA! Que horror, mas todo mundo já passou ou passará em algum momento por uma situação assim.

    PS: Tu naum visita mesmo meu novo blog neah? Te amo mesmo assim. :P

    ResponderExcluir
  8. Obrigada pelo comentário no meu blog maldito, Maldito shauhsuhu...
    Adorei seu blog,mesmo depois de descobrir que o já conhecia kkkk,ela é bem maldito,isso quer dizer que não é tão infortúnio como o meu, ou seja, é bom. -)
    Não leve a mal meu humor negro,de infoetunio para Maldito, somente beijos =*

    ResponderExcluir
  9. Três palavras: que situação, hein?!

    huahauhauahuahuaha... Fiquei na dúvida entre rir e ficar com nojo... Mas tá beleza... Depois você retribuiu o "carinho"?????

    Abraço, primo.

    ResponderExcluir
  10. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...o apressado come cru, ou beija outras coisas q não deveria...uahuahuahauha

    ResponderExcluir