quarta-feira, 21 de julho de 2010

Obrigado por fumar!

É claro que eu sabia que a lei anti-fumo já estava vigorando em alguns estados do país, mas só agora que viajei, pude sentir na pele esse ato discriminatório para com os tabagistas, o qual me incluo. Compreenda, eu não defendo o cigarro, mas defendo veementemente o direito de fumar de qualquer individuo, até mesmo do menino de 2 anos que fuma 40 cigarros por dia da Indonésia (joga pedra no Maldito).
Ah sim, ...você se torna fumante passivo nesse tipo de ambiente e acaba também fumando por tabela? Pois em verdade te digo irmão, se estas fumando por tabela, seria bom que colaborasse na vaquinha pra comprar o cigarro, que a situação tá fácil não!
Ter que sair do pub em que estava para poder fumar, foi de fato uma experiência um tanto quanto desagradável, eu já havia confabulado essa cena nas fábulas improváveis da Formiga e do Cigarro , mas não esperava que fosse vivenciar algo como a terceira parte da fábula! Não poder fumar nesses ambientes desmembra a maioria das cantadas mais clássicas da história do flerte, como fica a inesquecível “Tem fogo, aí?” nisso tudo? Se ninguém estiver fumando na pista de dança, como você saberá com quem pode tentar uma aproximação oferecendo (ou pedindo) um cigarro? Eu por exemplo, perdi a única chance da noite que eu tinha para demonstrar pra mulher que tenho alguma classe, acendendo o cigarro com meu estiloso Zippo original.
A primeira coisa que alguém tem que aprender ao optar pela vida enfumaçada e fedorenta de fumante,... é não incomodar os não-fumantes, tirando o menino de 2 anos fumante da Indonésia, algum dia você deve ter sido um desses indivíduos saudáveis de pulmão-rosado também.
Ao longo de dez anos como tabagistas desenvolvi alguns métodos que podem até parecer algum transtorno de TOC a primeira vista, mas evita, e muito, que o assunto da noite seja o seu cigarro, segue algumas dicas:

1- Sempre verifique a posição do vento ao se reunir em um grupo, fique a favor do vento de forma que a fumaça incomode o grupo de amigos ao lado, e não o seu. Uma boa forma de saber a posição do vento é lamber a ponta do dedo e verificar qual lado seca primeiro, um aviso, você irá parecer meio ridículo fazendo isso!
2- Fique sempre atento ao soltar a fumaça, assopre pra cima, e evite fazer isso falando (ou irá desordenar o curso). Caso a danada vá em direção ao rosto de alguém, abane com a mão!
3- Quando não estiver tragando, é bom manter a sua mão com o cigarro voltada pra trás, alem de domar a fumaça, evita que algum amigo distraído ao lado se queime com a brasa. Caso alguém atrás de você seja queimado, que se dane, afinal de contas, o que ele estava tramando ali, nas suas costas?

Se mesmo depois desse esforço todo pelo bem comum, alguem ainda reclamar do seu hobby vício, peça pra ele exibir toda a saúde de seu pulmão-rosado prendendo a respiração por um tempinho, já que existe apenas cinco minutos guardados dentro de cada cigarro.
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
5 Comentários

5 comentários :

  1. Ajudar a comprar o cigarro por ser fumante passivo?
    [ Devo admitir que ri dessa XD ]
    Que pena que de alguma forma essa lei dificultou nas suas saidas =/




    ;*

    ResponderExcluir
  2. Quanto tempo pode-se ficar sem respirar?
    É uma possibilidade de emenda da legislação obrigar as pessoas não-tabagistas a respeitar o direito do vizinho (pobre viciado) de não resistir beber sem um cigarro?
    Quanto de adrenalina no corpo do fumante é desprendida com uma simples e profunda baforada? Não seria o fumo um mecanismo de controle social e saúde pública?
    Pense: se só os fumantes, raça em extinção, ocupassem os lazeres noturnos, teríamos menos violência nas noites (porque, afinal, fumante raramente tem dinheiro no bolso, já que gasta tudo em cigarros...).

    ResponderExcluir
  3. Concordo plenamente com seu post de fumantes a criminosos em um piscar de olhos...

    quem vai sustentar milhoes de trabalhadores da industria tabagista se não nós os fumantes?? Daqui a pouco vão nos proibir ate de fumar na rua.

    e no mais o fumante passivo deve sim ajudar a comprar o cigarro.

    bjos

    ResponderExcluir
  4. Agora sim... Estou em São Paulo e posso falar bem sobre o assunto kkk As dicas que deu de como ser um fumante "ético" sigo-as todas faz tempo... Mas, creia, tem algumas pessoas que fazem questão de chegar perto, para fazer caras e bocas, cheirar cabelo e demonstrar o quanto estão incomodadas e algumas vezes verbalizam o descontentatmento! Ah, a mídia... Esta que tanto incentivou os fumantes certa vez e agora nos massacra!
    Faço questão de dizer que sou fumante convicta! Quanto aos que se incomodam com o cheiro de cigarro? Querido, pergunto: Já sentiu seu próprio cheiro? Pq estou odiando kkkkk Quanto aos malefícios do cigarro, que toda a sapiência da Ciência afirma, eu pergunto: o café, já foi o grande vilão, não foi? E, no entanto foi inocentado! Depois foi o ovo... Recentemente inocentado também! O óleo agora a ciência está dizendo que não faz mais mal para o coração... Será que viveremos para ver a Manchete no jornal: Cientistas publicaram que novas pesquisas revelam que a nicotina CURA O CÂNCER DE PULMÃO! E, por favor, não me falem em monóxido de carbono... Porque aí vamos falar de trânsito e sua poluição e naõ de cigarros... Por favor kkkk

    Como pode ver... Vim aqui degustá-lo e não resisti... Tive que abraçar a opinião!

    Beijocas...

    ResponderExcluir
  5. Não suporto esses felizes consumidores de ar puro.

    ResponderExcluir