quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Sepultando o Relacionamento

20 de janeiro de 2011
O país onde a onda do momento já foi ‘namorar pelado’ não anda nada bem com a falta de limite dos novos fetiches de seus cidadãos,já que a moda agora tem sido ‘terminar no noticiário’. Parece que depois do caso Eloá o termo ‘acabar com um relacionamento’ adquiriu um novo sentido,um bem mais profundo, aliás, tão profundo que muitos deles têm terminado a sete palmos do chão. Já não é mais raro assistirmos na TV casos similares onde um dos conjugues não suporta a pressão da rejeição e comete um atentado contra a vida do outro.
A verdade é que, pra coisa chegar a tal ponto não foi de um dia pro outro, ninguém acorda em uma manhã nublada depressiva de domingo e resolve envenenar a mãe de seus filhos durante o programa do Silvio Santos. Pra chegar nesse patamar se passa por um processo lento de  semanas carregadas de sinais que indicam a sua futura e trágica conclusão. Lembram quando apenas um tapinha não doía? Parece que deviam ter parado por ali não é mesmo?
Pode confessar, agora o meu texto A Difícil Arte de Terminar te parece bem coerente né, quase como um manual de sobrevivência amorosa.
Nessa nova prática criminosa que tem sido cada vez mais frequente nos lares brasileiros, acho que o governo poderia também adotar uma política social de prevenção, educando a população e tentando aplicar um pouco de coerência na cabeça do povo na hora de escolherem seus parceiros(as).
Posso parecer mais insensível do que o normal, mas até que me parece lógico você ser atropelada pelo seu namorado se você o escolheu pelo carro, acho justo tua namorada te esfaquear pelas costas se você só começou o namoro por causa da bunda gostosa dela e tudo bem pra mim se você for baleada na porta de casa por seu amante se você só estava com ele porque adora homens de uniformes.
Não me entenda mal.... mas se você opta se relacionar com alguém pelos valores errados, é bem provável que esses ‘valores’ sejam cobrados mais tarde.
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
6 Comentários

6 comentários :

  1. Tudo que você disse é inegável. Quando escolhemos alguém não por quem ele é e sim pelo que tem ou quem aparenta ser tendemos a acabar nos machucando [ou coisa pior]



    ;*

    ResponderExcluir
  2. Terminos de relacionamentos são coisas assustadoras por si só, e agora viraram caso de polícia. rs

    =)

    ResponderExcluir
  3. É dificil mesmo terminar um namoro e aceitar o termino deve ser bem pior quando o acordo é um entra com a bunda e o outro com o pé o que entra com a bunda sofre bem mais imagino eu srsrs.

    O fato é que se vc esta sendo insensível eu tbm estou pois concordo com vc...

    ResponderExcluir
  4. Que realidade amis triste essa, hein?
    Uma pena =/

    ResponderExcluir
  5. Maldoso, mas real,pode se considerar até cômico, mesmo tão trágico.

    ResponderExcluir