quinta-feira, 23 de junho de 2011

Espere a Primavera, Bandini

Livros que me deram histórias pra outro livro #3
Espere a Primavera, Bandini – John Fante

Para quem tem a leitura como vício, é impossível passar por um sebo sem se render a tentação incontrolável de entrar para dar uma ‘olhadinha’, o que pode durar de quinze minutos a algumas longas horas de pesquisa por entre aquelas páginas amareladas.
Quando se quer achar um livro e não esperar que ele te ache, evitando assim um delicioso desperdício de tempo, você pode perguntar se existe algo que procura ao dono do lugar ( o único que realmente consegue encontrar alguma coisa naquela bagunça organizada).
-Você tem alguma coisa da Fernanda Young?
-Não.
-Algo da Anne Rice?
-Tem aqueles que estão expostos ali.
-Hum,... Já li todos aqueles. Algo do Mario Prata?
-Não.
-Tem Bukowski?
-Bukowski? Ah, tem aquele,...o...
-Mas se for um desses clássicos mais famosos dele não me interessa.
-Ah,... Então não.
-Hum,... obrigado pela atenção.
-Espera, eu tenho um do John Fante.
-Fante? E quem seria esse?
-O mesmo autor de On The Road?
-Mas esse não seria o Jack Kerouac?
-É verdade! Eu me confundi, John Fante escreveu ‘Pergunte ao Pó’. Faço por dez pra você.
-Ok,...vou levar.

Confesso que ainda não li o livro que me foi indicado pelo dono do sebo, mas em minha defesa explico que no dia seguinte me deparei com “Espere a Primavera, Bandini” em uma livraria, a contra-capa avisava que aquela era a primeira publicação de John Fante, e ainda como atrativo trazia impresso o seguinte comentário: “Fante foi meu mestre” – Charles Bukowski.
Engoli o orgulho em ignorar por tanto tempo quem inspirou aquele que me inspira, realmente uma insolência sem tamanho. Comprei e trapaceei para passá-lo na frente da minha lista de leitura, chegando até mesmo a interromper duas leituras iniciadas anteriormente.
Sem arrependimento,... a linguagem de Fante é mais rústica devido a sua época, mas isso ressalta ainda mais a ousadia de suas palavras já no início do século passado. Realmente uma descoberta fascinante.

Se você, assim como eu, acabou descobrindo e aprendendo algo novo com esse post, aproveita que já está por aqui e compre esse livro pela metade do preço que paguei na livraria clicando no selo da
 Submarino.com.br 
Clica agora e garanta o seu!
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
1 Comentários

Um comentário :

  1. Maldito, quando você lê um livro escrito a algumas décadas atras, você não sente que a leitura até caminha bem, mas o fato de algumas palavras serem de difícil assimilação acaba meio que emperrando a leitura ?

    Eu que leio em ônibus, trem e metro sinto assim... e vc ??? Como você faz para vencer essa primeira etapa da leitura??

    ResponderExcluir