domingo, 5 de junho de 2011

Rocky um Lutador/Professor

O único filme capaz de me emocionar, a ponto de umedecer meus olhos, é a franquia de Rocky um lutador, clássico estrelado por Stallone. Sim, porque como já disse meu pai uma vez: ‘Homem não chora, no máximo se emociona’.
A principio, para alguns, pode parecer mais um filme de pancadaria gratuita, mas no fundo é uma lição de vida dividida em fases inevitáveis de superação e aprendizado no trajeto de qualquer um que queira continuar rolando os dados nesse jogo do destino até perder tudo que tem o conseguir permanecer na mesa tempo o suficiente para persistir pela hora da virada.
Quando me deparo com alguém que confesse nunca ter visto os filmes do ‘Garanhão Italiano’, resistindo até mesmo ao apelo do lançamento do sexto filme ,eu e... eu...eu sou obrigado a abusar dos clichês e mentalmente me questionar: “Como alguém que nunca enfrentou Apollo o Doutrinador ,não aceitou o desafio do Mister T e nem encarou o Dolph Lander na Rússia pode estar tanto tempo de pé, e sem nenhuma sequela grave, nessa terra de meu Deus?” – Pobre criatura, seus olhos sempre serão como os de um cordeiro e nunca como os de um tigre.
Esse ponto de vista pode ser reforçado no seriado ‘Todo mundo odeia o Chris’, onde em vários episódios o protagonista cita falas e cenas do filme como exemplos a serem seguidos. Alias, percebe-se claramente que o garoto aprende muito mais com os filmes que com a escola. Rocky é uma escola da vida onde Stallone sacrifica o sangue de seu personagem para livrar-nos de nossas covardias.

Não cabe aqui dialogar sobre todas as ‘lições’ que se pode extrair da trajetória desse lutador, até porque é algo que se nota fácil, está na essência do filme. Mas se após assistir os seis filmes você ainda achar que a única coisa que aprendeu com isso tudo foi dar alguns socos, recomendo que você se dedique de vez a algum esporte violento ou luta marcial porque o seu caso necessita de tratamento de choque,... o ‘Divino’ terá que lhe enfiar alguma sabedoria na sua cabecinha de outra maneira, a base de socos e pontapés.
Mas se você leu esse texto até aqui, demonstrou interesse em preencher essa lacuna da sua vida e talvez ainda haja esperança para o que te sobrou de testosterona nessa carcaça.

Eu acabei de adquirir (para guardar para posteridade (leia-se ‘pros meus filhos’))
 o Box de DVD com os 6 filmes do Rocky na promoção atual que tá rolando agora na Submarino.com.br
Clica no selo e garanta o seu!
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
7 Comentários

7 comentários :

  1. Realmente tenho aprendido muitos com os filmes do Rocky.

    ResponderExcluir
  2. Nunca havia fitado o filme com esse olhar, de fato é uma lição de vida, coragem e persistência. Que bom que ainda mantens um apurado senso crítico sem deixar-se envenenar pelo senso comum ou pela mania típica da maioria dos brasileiros de realizar críticas negativas e mal estruturadas. Neste caminho, um dia ainda lerei sua coluna num ''O globo'' da vida. Muito bom !

    ResponderExcluir
  3. Rocky é uma verdadeira pós-gaduação de perseverança. Não só o filme me comove, mas a toda a história por trás da produção também. Stallone comeu literalmente o pão que o diabo amassou e sentou em cima prá conseguir realizar o primeiro filme, a história de superação e perseverança de Rocky se confunde muito com a história do homem que queria contá-la. Rocky não é só um filme com uma lição de vida, é uma escola toda que fala não só de luta e sobrevivência mas da convivência, amizade, amor, lealdade e respeito e amizade pelas pessoas que passam pela sua vida. Parabéns pelo texto e um grande abraço Maldito!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pelo texto, não tem como qualquer macho de princípios e valores que não se sensibiliza com a trajetória do Rocky. Acho que o objetivo dos filmes é esse mesmo. Ensinar a aguentar as porradas da vida, que serão inevitáveis. Particularmente meu preferido é quando ele vai treinar lá na Sibéria pra enfrentar o russo. Pena que muita gente evita a série por puro preconceito contra o Stallone e prefere ficar assistindo filme cabeça de diretor iraniano.

    ResponderExcluir
  5. parabens pelo texto nunca comento em nenhum blog mais isso mereceu.

    ResponderExcluir
  6. a grande lição que o filme ROCK UM LUTADOR é que todo italiano é um cabeça dura.....

    ResponderExcluir
  7. Muito legal esta postagem. Realmente os filmes da série Rocky, O Lutador tem grandes lições de vida para nos passar e as músicas dele são lindíssimas também. Parabéns pela postagem!

    A Internet brasileira precisa muito de conteúdos interessantes, divertidos e positivos como estes que você está criando.

    Convido você a conhecer também o novo agregador Super Links: http://www.superlinks.blog.br

    Confira o melhor conteúdo da Internet, aproveite para divulgar seus links sem a necessidade de cadastro e aumente exponencialmente as visitas de seu site.

    ResponderExcluir