sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Sexo de Brinquedo


O tempo passa e nós corremos desesperadamente para acompanharmos sua evolução desenfreada. Não existe campo social humano que não tenha ganhado um upgrade, um aplicativo, um acessório ou qualquer outro tipo de ajudinha da tecnologia que ao preço do progresso introduz implantes sintéticos aos conhecidos processos naturais,... Parece que aos olhos de alguns, a natureza não é tão perfeita quanto se gaba.
Sei que a simples criação do controle remoto da TV já justifica qualquer quantia cobrada pelo avanço, mas confesso que fico escabreado quando vejo a coisa toda mexer com o ‘sexo’, a forma mais antiga de entretenimento praticada pelo homem.

O esquema vem funcionando tão bem desde que o mundo é mundo. A humanidade vem seguindo o processo a risca, entrando e saindo, entrando e saindo, entrando e saindo dos séculos pelo mesmo processo artesanal, obtendo um sucesso incrível e resultando em uma explosão demográfica de dar gosto. Alias, a humanidade tem aplicado tão bem o sexo que já agilizam o processo pulando a parte do ‘Crescei’ e indo direto pro ‘Multiplicai’.
E foi pensando nessa falta de amadurecimento sexual que o mercado acabou criando os brinquedos eróticos,  transformando um básico instinto primitivo em mais um bem de consumo.
Sintéticos, portáteis, movidos a pilha e basta que se acione um botão para que um truque seja feito te entretendo com movimentos repetidos durante horas e horas. Exatamente como aquele brinquedo que você tanto desejou na infância.

Talvez eu já tenha perdido essa corrida contra o tempo.
Serei sempre adepto do sexo de um universo onde ele é proibido para menores. Cheio de censuras a serem vencidas e pudores a serem descascados apenas na privacidade de um quarto, mesmo que de motel, mesmo que depravado, mas ainda assim o sexo carnal, sem plástico ou borracha que o valha.
Não quero infantilizar essa que é uma das maiores conquistas da minha vida adulta.
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
3 Comentários

3 comentários :

  1. Tecnologia e sexo de fato não me apetecem unidos, algumas coisas até podem ser facilitadas,mas jamais substituídas. Bom texto.

    ResponderExcluir
  2. Bela abordagem do tema.

    Assino em baixo!!

    ResponderExcluir
  3. isso me lembrou de quando eu "brincava" com bonecos da bardhal e tinha uma gostosa...
    Boa semana pra vc!
    Bjsss molhados
    LEO


    Eu que não me sento
    No trono de um apartamento, com a boca escancarada
    Cheia de dentes (na frente do meu Lap)
    Esperando a morte dos blogues chegar...
    E você???

    OPINE no
    seximaginarium.blogspot.com

    ResponderExcluir