quarta-feira, 5 de outubro de 2011

A mal dita vesícula do Maldito Pai

-Alo!
-Oi pai?!
-Meu filho, eu estou te ligando pra te avisar que a ultrassonografia acusou  pedra na minha vesícula. Se tudo der certo eu devo operar ainda essa semana.
-Porra, que dureza coroa. Mas o senhor ta tranqüilo?
-Claro,...que não. Os caras vão me enfiar a faca. Como vou ficar tranqüilo numa hora dessas?!
-Vai sair caro o procedimento?
-Quando digo faca, me refiro ao bisturi do médico. A despesa vai ficar por conta do plano de saúde. Cheguei a fazer alguns exames que o médico pediu em um hospital público, aquilo lá é o inferno, uma mistura de açougue com rodoviária. A minha vontade era de chegar ao balcão e pedir: ‘Me vê meio quilo de alcatra com escala em Brasília, por favor!’
-Então vai me mantendo informado de tudo.
-Ta bom, eu te ligo. Abraço.
...

-Alo?! Filho?! To te ligando pra falar que eu me interno hoje pra operar amanhã cedo.
-Poxa, finalmente! Eu já estava ficando apreensivo com essa espera
-Não fique apreensivo por mim,...Faça isso por você, pois se essa porra for genética, no futuro será a sua bunda de fora em um roupão hospitalar.
-Pai,... Acho que essa parada não é genética.
-Mas pobreza é né?! Porque se eu morrer na cirurgia, você vai herdar todo o nada que agora me pertence.
-O senhor me liga amanhã quando tudo estiver acabado.
-Ta bom. Mas se eu não ligar, você já sabe né,...
-Abraço pai,...
...
-Filho!? Eu não operei.
-Como assim?! O que aconteceu?!
-Faltou uma aparelhagem lá no hospital. É aquela velha história do inferno brasileiro onde todo mundo é obrigado a comer uma latinha de merda por dia, mas ainda assim é melhor que o inferno americano por que como é brasileiro, tem dia que falta latinha, tem dia que falta merda...
-Que merda heim!
-Na verdade o que faltou dessa vez foi a latinha. Mas o médico já remarcou a cirurgia pra semana que vem.
-Essa cirurgia ta demorando tanto que to achando que essas pedras na vesícula são pedras preciosas.
-Se forem eu vou tirar,...
-Sim, tirar na cirurgia,...
-Não! Tirar da sua herança. Abraço.
...

-Alo?!Filho?! Olha, deu merda!
-O que aconteceu? Não conseguiu operar, de novo?
-Operei sim.
-Mas então o que deu errado?
-Não acharam as tais pedras na vesícula.
-Porra, mas como assim?
-Na verdade não acharam vesícula nenhuma.
-Porra pai, explica essa história direito.
-É o seguinte,... o médico me abriu e descobriu que eu nunca tive uma vesícula na vida. Daí que foram pesquisar e descobriram que trocaram o meu ultrasson com o de um outro paciente. Esse sim tá com a vesícula cimentada. Me cortaram a toa, não era esse o meu problema.
-E afinal de contas, o que o senhor tem então?
-Não sei. Ninguém sabe. Agora alem das dores que eu sentia, to tendo que agüentar os pontos nesse corte de um palmo que o medico fez na minha barriga.
-Vai ficar uma cicatriz muito feia?
-Com certeza. Mas eu já criei uma história porreta de briga de faca pra contar toda vez que me perguntarem onde consegui o corte.
-E agora?
-Agora as chances de eu deixar alguma herança pra você e seu irmão aumentaram.
-Mas por que? O corte infeccionou ou algo do tipo?
-Não. Mas já que esse médico não achou a tal pedra e muito menos uma vesícula, eu vou me tornar uma pedra no sapato dele e processarei esse ‘filhadaputa’ em uma grana miserável.
...
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
5 Comentários

5 comentários :

  1. Muito melhor do que se fosse inventado rsrs

    ResponderExcluir
  2. Tô virando fã!! Parabéns.

    ResponderExcluir
  3. MALDITO: O FODA, como sempre!!! LEIAM

    ResponderExcluir
  4. Ao mesmo tempo q a história é engraçada, é deprimente, né?
    Como assim trocam exame, fazem cirurgia desnecessária? Erro médico.
    Aconteceu com meu filho.
    Um corpo estranho no nariz e a médica de um renomado hospital de SP disse q era sinusite.
    Teve q operar, pq tinha risco de desenvolver um tipo de meningite.
    Confiar mesmo, só em Deus.

    ResponderExcluir