quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Herrar é umano.

O ser humano é um cara muito problemático de fato, primeiro porque "errar é humano", nem precisamos encher tanta linguiça para desenvolver uma tese diante disso, é fato que "errar é humano". É tanto que alguns cientistas colocam que o ser humano se desenvolve no método da tentativa e erro, e é errando que aprende. Até sermos plenos socialmente, passamos mais de 18 anos culpando alguém pelo nossos atos, essa é a nossa forma carinhosa de retribuir o amor e cuidado dos nossos pais.
Sem mais chorumelas. Diante de toda essa ineficiência intelectual, podemos afirmar que todo ser humano tem seu desvio moral enraizado nas suas entranhas. Afinal, se é com tempo que vamos conhecendo o que é certo e errado, é normal que no percurso do caminho escolhamos alguns atalhos para formar nossa opinião e caráter. E isso não é culpa de ninguém. Olha só quem desviou a Eva foi uma serpente, na época não existia família, muito menos televisão. 
Então a culpa foi de quem? É verdade, é tudo culpa dele.

Mas aí o homem resolve desafiar a natureza e cria uma máquina capaz de realizar cálculos, a partir daí é comum que todoas nossas invenções sejam feitas para trabalharmos menos, exigir menos esforço, pensar menos, enfim. inventamos máquinas que façam o trabalho por nós, esse é o paradigma de nossa evoluçao. São nossas criações que devem trabalhar e pensar, nós devemos apenas viver. Carpem Diem.
Não acredito que o ser humano continue no centro do universo como os Iluministas acreditavam, basta olhar ao redor. Máquinas por todos os lados, são elas que movem o mundo, que fazem o seu café, que cuidam do seu dinheiro, que te levam para o trabalho... Ah Você ainda não tinha parado pra pensar nisso? Bada Bing! É assim que eles querem vocês, alienados em consumir, consumir, consumir.
Incrivel como o ser humano tem a capacidade de consumir tudo que tem ao redor, é informação, comida, pessoas, trabalhos, idosos e até mesmo criancinhas. Ainda tem uns que levantam a bandeira em defesa do meio ambiente, como isso enche o saco. Não conseguimos nem cuidar de nós mesmo e acreditamos que não usar sacolas plásticas no supermercado será a salvação do planeta. Fazemos campanha contra o tabagismo, mas deixamos que milhares de industrias continuem poluindo o meio ambiente. Na boa prefiro continuar fumando e usando sacolas plásticas.
E no meio de tudo isso, lutamos pela nossa independencia, somos deuses com criaturas que compramos no shopping, mas sem nosso próprio universo. Não criamos novos mundos, apenas vamos acumulando pequenas criaturas, computador, celular, carro, maquina de lavar, camera fotográfica... Elas quebram, pois assim como nós também possuem suas imperfeições. E quando não consumimos, vamos acumulando. Com os relacionamentos acontecem quase a mesma coisa, vamos consumindo e acumulando alguns que insistem em nos chamar EX.
E tem gente que ainda tem medo do apocalipse? É mole. O ser vivente é o planeta, nós somos apenas uma raça simbionte que precisa dele pra sobreviver, o inverso não é verdadeiro, Não vamos salvar o planeta, não salvamos nem a nós mesmos. E quando o planeta se cansa, sacode a poeira (terremoto), dá a volta por cima (tornados), toma uma banho de sal grosso (tsunami) e tudo volta como era antes. Enquanto isso vamos vivendo esse nosso sonho de sociedade, pegue aqui sua cápsula vermelha e vá dormir.
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
2 Comentários

2 comentários :

  1. Sabe o que é pior? é que a cada dia que passa vamos ficando mais dependentes dessas tecnologias!
    O seu texto ficou muito bom!

    Abraços,
    Paula.

    ResponderExcluir
  2. O pior é que nós, humanidade inteligente (dizem, né?) nos esmeramos tanto para sermos produtivos que esquecemos de ser simplesmente humanos.


    -Mas eu ainda declaro meu amor pelo microondas. ;)

    ResponderExcluir