quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Apenas uma taça - Um brinde ao mestre Stoker

A morte de um escritor não precisa necessariamente ser o fim da sua obra, do seu estilo, de seus personagens e nem mesmo de suas histórias, vide Sherlock Holmes que já teve aventuras escritas por diversos autores espalhados pelo mundo inteiro. E quando se trata de personagens imortais, nada mais justo do que perpetuar o estilo que consagrou um mestre, Bram Stoker.

Foi assim que Georgette Silen reuniu 13 contos vampíricos para lançar 'Apenas uma Taça - Um brinde ao mestre Stoker' pela editora Estronho. Sei o que você está pensando e afirmo que está enganado, 'Apenas uma taça' não é um 'mais do mesmo'. Durante o livro a autora avança e retrocede na linha do tempo da mitologia vampírica popularizada por Stoker e atualmente transformada em  'cultura pop' que tanto agrada um grande público fiel aos sugadores de sangue,... do qual também me incluo. 
Se os vampiros de Georgette são as clássicas criaturas noturnas ou modernos seres brilhantes? Me atrevo a dizer que são todos os vampiros, oriundos de um estudo da autora sobre lendas, folclores e relatos recontados de diversas formas diferentes através dos séculos até moldar a figura atormentada e sedutora do vampiro que conhecemos atualmente.

Uma menção honrosa para o conto 'O selo vermelho' onde se acompanha uma história recheada de intrigas, traições e batalhas entre vampiros e lobisomens. Elementos perfeitos para uma sessão de RPG em uma narrativa empolgante muito rara de se ver escrita por mãos femininas.
O fino acabamento dado ao livro pela editora merece um destaque a parte, o melhor que já vi. Alem da capa que já diz 'ao que veio', livro adentro se encontra um belíssimo trabalho te imagens que vez ou outra marcam o início ou fim de um conto.

Para beber dessa taça (de vinho tinto de sangue) e se aventurar entre esses seres amaldiçoados basta clicar no selo da Editora Estronho abaixo e adquirir o seu exemplar, tenho certeza que você pedirá mais uma dose.
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
3 Comentários

3 comentários :

  1. Olá, boa noite
    Obrigada pela resenha ^^
    Estou divulgando no face e no twitter e agradeço muito pelas palavras.
    E, sim, o conto do O Selo Vermelho daria um bom RPG, srsrsrs.
    abração
    Georgette Silen

    ResponderExcluir
  2. Muito interessante. Contos que se apoiam nas mais diversas mitologias vampíricas, obviamente que os famosos "vampiros adolescentizados leitores de Capricho" não devem estar aí...falo isto porque em nenhuma mitologia é mencionado tal tipo de criatura, esse fenômeno não passa da débil imaginação de uma escritora que ainda vive uma adolescência forçada. Em breve quero adquirir essa antologia :)

    ResponderExcluir
  3. Bom saber que ainda existem livros com os "vampiros originais" e com o trabalho da Estronho no acabamento do livro deve ter ficado ainda melhor.

    ResponderExcluir