terça-feira, 18 de setembro de 2012

Venda o seu voto e faça um político de trouxa

Todo período de eleições é sempre a mesma coisa, políticos já eleitos nos bombardeiam com propagandas implorando para que não vendamos nossos votos para os políticos que querem se eleger. Sei que é super ético e politicamente correto ser contra a venda de votos por todos os motivos que as mesmas propagandas citadas acima não nos deixam esquecer. Mas o que venho propor aqui é justamente o oposto,... Isso mesmo, estou sugerindo que você venda o seu voto, coloque preço nele, estipule um valor com pagamento em cash se possível. E depois vote em quem você quiser, simples assim.
Se um político te faz de trouxa por quatro anos de mandato, que mal fará inverter esses papéis pelo menos durante as eleições? Particularmente nunca tive essa oportunidade. Embora já tenha colocado meu voto aberto a negociação em algumas eleições, nunca obtive um bom lance... Não que eu ainda não tente dar o golpe.
Antes de me julgar, peço que encare essa ação como mais uma promessa não cumprida dentro da política. Sabemos que não são poucas, e você tem que concordar que essa até que possui uma ‘boa causa’ embutida.
‘Pois é Vereador, eu prometi votar no senhor, né?! Mas sabe o que é? É que como o senhor prometeu construir uma creche lá na minha comunidade carente e também não fez. Achei que não teria problema se eu quebrasse minha promessa. Mas acho que o senhor gostaria de saber que o dinheiro que me deu na compra do meu voto, pagou a festa de aniversário da minha filha. Muito obrigado!’

É assim que a maioria desses canalhas permanece anos no poder, fazendo o povo de trouxa. E talvez seja assim que nós consigamos acabar com essa bandalheira, fazendo o mesmo com eles. Quem sabe, depois de tomar várias ‘voltas’ em algumas eleições, eles não ficam mais espertos e param de tentar comprar votos. 
Esse sim é um protesto genuinamente brasileiro, só na maciota, na malandragem, sem muito alarde, e ainda tirando uma graninha por fora.
Não seja ingênuo, é claro que um político tem como descobrir se você votou nele ou não (embora não devesse), mas caso ele ganhe as eleições, você acha mesmo que vai se importar com um voto perdido? E caso ele não seja eleito e venha te aporrinhar, você manda ele cobrar os direitos na justiça, reclamar com a polícia, ou se preferir, protestar seu nome no SPC. Porque até onde eu sei, compra de votos é crime no Brasil. Mas fazer os outros de otário é quase uma cultura nacional.
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
0 Comentários

0 . :

Postar um comentário