sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Chupa aqui o meu mensalão!

Chupa aqui o meu mensalão!
Bolsas, bolsetas e bolsetinhas para guardar um salário minúsculo.

Definição de salário mínimo no Brasil - De acordo com a Constituição Federal de 1988, o salário mínimo deve suprir as necessidades básicas - alimentação, moradia, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social - do trabalhador e sua família. A lei máxima em nosso país define ainda o reajuste periódico do salário mínimo, com intuito de preservar o poder aquisitivo do trabalhador. 

Jurei a mim mesmo não escrever nada sobre política aqui no DpM, mas não tem jeito... Em um dia de fúria você acaba revoltado com ela, com os frutos imbecis apodrecendo ao redor da enfadonha e empoeirada política.
Seria primário demais sugerir a um destes senhores políticos, a presidentA, inclusive, trocar de lugar com alguém que viva de um salário mínimo (precisos R$ 622,00) por mês? Não, não seria... Está escrito lá na constituição do nosso país que o salário mínimo é verba para fulano fazer uma penca de coisas que não se faz nem com 2 mil por mês. Não é isso? 
Eu não conseguiria dormir mais, se acordasse presidente do Brasil. Minha obrigação como alma livre me impediria de exercer a função cruel de um presidente. Não me encanta lidar com carimbos que selam vidas. O poder corrompe os homens simplórios e os intelectuais. É uma pandemia.
Voltando ao assunto central, separei um pequeno exemplo do tal salário mínimo aqui no RJ:
Aluguel - Bairro da Praça Seca. R$ 435,00Excelente casa com área de serviço e varanda (quarto-cozinha-banheiro). Só aceitamos com fiador!
OK.,  eu sou meio burro com a matemática (com tudo, talvez) mas vejam se o meu cálculo está correto: 622 – 435 = 187. Então, sobraria ao pobre assalariado míseros 187,00 reais para suprir alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social dele e de toda a família! Por favor, não é possível... Não é sério... Mesmo que o cara encontrasse uma big casa na favela, ainda seria caro demais para quem vive com um salário mínimo, apenas. Sendo assim, correndo no fluxo do mesmo raciocínio, não seria errado dizer que o governo é até hoje o principal responsável pelas favelizações ocorrentes no Brasil, pois descumpre a sua própria constituição vigente.

Proponho aos senhores políticos um pequeno jogo, um joguinho mínimo, como o salário inaceitável que vocês decretam ao povo: Sempre que pensarem na compra de alguma coisa, diminuam de 622. Por exemplo, a passagem de ônibus no Rio vai para 3,00 reais! Duas passagens para ir e duas para voltar fecha em 12,00! Peguem 622 menos 12... Menos 5,00 reais comprando 1 quilo de feijão.. E assim por diante... Vá subtraindo sempre de 622. É um joguinho besta chamado sentir na pele. Entenderam? 
O mais festeiro dos festeiros no inferno teria de sentar o rabo na brasa e refletir com a própria consciência.  É na reflexão digna que conseguimos construir algo com significado e valor. 
Política é jogo.

(Brincadeira... 622 reais é lance pra foder com o trabalhador... E o reajuste de 2013 não chegará nem nos 645... Querem apostar?)
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
0 Comentários

0 . :

Postar um comentário