sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Histórias de horror em lançamento da Editora Multifoco

Entre corações partidos, sinfonias perturbadoras e sombras disformes, o Destino lança seus dados e joga com seus baralhos ciganos a sorte da humanidade. Amores frustrados, seres sem corpo e vinganças consumadas constroem com uma força terrível a dualidade da existência humana, revelando o que realmente somos e carregamos em nosso mais profundo e silencioso âmago.
Os 13 contos desta estranhíssima pilha de ossos quebrados e sonhos destruídos apresentam-se como um baile de máscaras, um soturno carnaval de oposições em que o comando da celebração está nas mãos da Morte. Estamos diante de um banquete oferecido aos corvos e lobos, na posição de expectadores inquietos e apreensivos com o reflexo de nosso interior, que vai desaparecendo gradativamente do espelho conforme a luz dos lampiões na rua de nosso espírito se apaga.
“Bela. Belíssima. Bendita beleza de meu bendito destino! Ela estava lá, bela como sempre fora, a se olhar no espelho de corpo inteiro da sala de estar. Eu, em frente à lareira, observava o movimento sutil de seus quadris balançando ao som da música na vitrola, enquanto ela penteava seus lindos cabelos encaracolados e sorria de um jeito esquisito para seu próprio reflexo. Sim, senhor, para o seu reflexo, jamais para mim. Pobre de mim e de meus delírios absurdos! Os olhos da senhorita Sévigné nunca se encontraram com os meus; ela fugia de meu olhar, não sei se por insegurança ou por receio do que poderia encontrar ao adentrar as janelas da minha alma. Lá estava ela, senhor, bela como a mais bela Eva neste mundo. Quanto a mim? Eu nunca poderia ser o seu Adão”.
Trecho do conto “A Janela da Alma”.
Fotografia Além da Moldura e Outras Histórias de Horror é para aqueles que conseguem ser fortes o bastante para terem um coração de metal, uma resistência singular para suportar se conhecer como realmente se é. 
Embarca-se, a partir de agora, em uma viagem sem volta, rumo ao que ficou do outro lado do Véu, rumo ao que ficou além da moldura em que fotografaram nossa alma.

Sobre o autor:
Maurício Pacheco Amaro nasceu em Porto Alegre (RS) em 1991. Neto de jornalista e poeta, seus passos enveredaram muito cedo pelo caminho da escrita e da literatura ao escolher desde criança os livros como a grande chave para o seu futuro. Escreve ficção desde os 12 anos, tendo como mestres e inspiradores grandes autores da literatura universal, como Edgar Allan Poe, Gabriel García Márquez, J.R.R. Tolkien e Machado de Assis. Fotografia Além da Moldura e Outras Histórias de Horror é o seu primeiro livro escrito e publicado, composto por 13 contos que retratam de forma intensa e interessante a dualidade da alma humana.
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
0 Comentários

0 . :

Postar um comentário