domingo, 10 de março de 2013

Ao resgate da Sessão da Tarde de raiz - 'Jamaica Abaixo de Zero'

Talvez tenha sido o calor insuportável dos últimos dias que levou minha mente a fazer diversos links absurdos até chegar ao filme a ser resgatado neste post.
A capa, o título a chamada, tudo nesta produção pode te dar a falsa impressão de que você já conhece o enredo desta história, eu que vi o filme diversas vezes durante a infância e adolescência tinha certeza disso, mas ao revê-lo por esse dias me surpreendi com um roteiro totalmente diferente do que imaginava, passando bem longe de qualquer clichê sugerido pela sua identidade visual.
Jamaica Abaixo de Zero (Cool Runnings, 1993), é uma comédia distribuída pela Disney, bem colorida (como tem que ser) e aparentemente com temas bem definidos como superação, fair play esportivo, e uma pitada de discussão sobre preconceito... Mas nada com cunho racial. Eu diria que é algo mais voltado para o esporte, do que para diferenças raciais em si.

Aí já começa as surpresas desse filme, o espectador começa a assistir achando que verá uma repetição do mesmo e acaba se deparando com algo bem mais palpável do que os filmes segregados do século passado. 
No enredo, Derice Bannock é filho de um antigo velocista jamaicano que fracassa ao tentar se classificar como corredor para a prova de 100 metros dos Jogos Olímpicos de Verão por culpa de um estúpido acidente. Ainda assim, determinado a participar das olimpíadas de qualquer maneira, ele vê uma saída quando descobre que um campeão olímpico canadense, amigo de seu velho pai, ainda mora na ilha caribenha. E com isso, a muito custo Derice tenta convencer o aposentado Blitzer (O saudoso John Candy) a voltar a ativa e treinar a primeira equipe de trenó da Jamaica, que a muito custo e determinação, consegue se classificar para os Jogos Olímpicos de Inverno de 1988.
Em uma temperatura abaixo de zero, a equipe jamaicana é zombada e por todos, já que ninguém imagina que um time de trenó da Jamaica comandado por um treinador desacreditado tivesse capacidade de participar da competição em igualdade com outros países com mais tradição no esporte.
Parece algo simplório, mas garanto que apesar de uma comédia, o filme é bem mais profundo do que aparenta sua sinopse.

Para efetuar o resgate desse 'clássico' tive que cavucar toneladas de neve, e confesso que não foi fácil. Parece que ele havia sido mesmo enterrado, excluído e esquecido dentre os filmes que embalaram a Sessão da Tarde do século passado.
Fatalmente foi impossível encontrar um link ativo com uma versão dublada e assistir o filme do jeito que guardava em minha memória, mas ainda assim você pode clicar aqui para fazer o download do arquivo torrent do filme e não será difícil encontrar a legenda clicando aqui.
E enquanto espera finalizar o download, pode se divertir com o trailer no video abaixo.
Gostou de rever este clássico? Lembrou de mais algum filme marcante que gostaria de assistir? Conhece o link pra outro filme que merecia estar nas próximas sessões? Então deixe sua dica e sugestão nos comentários pra desenterrarmos a Sessão da Tarde de raiz.

Quer ver todos os filmes que já resgatamos nesta coluna? Então CLICA AQUI e curta algumas horas de nostalgia.
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
1 Comentários

Um comentário :

  1. Bom filme, digno de assistir e rever não apenas (se não me engano) por ser a última aparição (vivo, sabe-se lá se ele não anda assombrando geladeiras) de John candy, mas por uma história cheia de implicações fora do mundo de comédia em que se situa.

    Obrigado pela dica, estava com saudades desse filme. 8)

    ResponderExcluir