segunda-feira, 1 de abril de 2013

Ao resgate da Sessão da Tarde de raiz - 'Uma Família em Pé de Guerra'

Nem todos os filmes da antiga Sessão da Tarde alcançaram o status de clássicos, mas nem sempre isso tem a ver com sua qualidade ou a conhecida regra dos quinze anos, muitos, simplesmente não foram reprisados vezes suficiente para que ficassem imortalizados em nossas mentes.
Um bom exemplo para o caso é o filme 'Uma Família em Pé de Guerra' de 1984, ou simplesmente 'Tank' no seu original em inglês. Informação essencial para que você não se deixe enganar por essas traduções 'malucas' que se fazia na época. Também não sei dizer se o gênero de 'comédia' o define muito bem. Apesar de ter seus momentos de descontração, eu assisti o filme como se acompanhasse uma densa história entre pai e filho. Quer dizer, essa carga de sentimento veio agora, assistindo o filme novamente e na integra, pois certamente o que passavam para a gente na TV aberta, era uma versão que tinha pelo menos uns 30 minutos do filme cortado. E acho que era justamente essa edição que deixava o filme mais engraçado, e menos focado no drama do enredo.

Sem precisar de um famoso ator musculoso, e nem de dezenas de assassinatos, 'Uma Família em pé de Guerra' é antes de tudo, um filme carregado de testosterona, mas não do tipo que se estereotipa hoje em dia. Na história, um oficial do exército prestes a entrar na reserva é transferido para uma cidadezinha do interior dominada sobre a rege de um xerife corrupto. Ao defender uma prostituta, o militar inicia uma guerra particular com a autoridade local, que em represaria prende seu filho sobre uma falsa acusação de tráfico de drogas. Sem muitas opções, ele faz a coisa mais sensata que um pai poderia fazer em um momento como esse... Pilotando um tanque Sherman da 2° guerra mundial, ele destrói a cadeia da cidade, resgata o filho, e inicia uma cruzada para fora do estado em busca de um julgamento fora da jurisdição do tal xerife.
Quem nunca sonhou com algo assim na infância?
Infelizmente, desta vez, eu não tive sucesso em encontrar o filme com a dublagem clássica, e nem mesmo legendas que encaixassem nas poucas versões originais que encontrei. Mas você pode encontrá-lo completo entre o catálogo da Netflix e em partes (sem legenda) no youtube clicando aqui.

Abaixo segue um vídeo com um trailer enorme do filme. Quase tão grande que dá pra conhecer a história toda só por ele.
Gostou de rever este clássico? Lembrou de mais algum filme marcante que gostaria de assistir? Conhece o link pra outro filme que merecia estar nas próximas sessões? Então deixe sua dica e sugestão nos comentários pra desenterrarmos a Sessão da Tarde de raiz.

Quer ver todos os filmes que já resgatamos nesta coluna? Então CLICA AQUI e curta algumas horas de nostalgia.
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
0 Comentários

0 . :

Postar um comentário