quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Largando o trabalho convencional e fazendo aquilo que realmente gosta #7

Para quem ainda não conhece, a serie de videos Continue Curioso postada esporadicamente aqui no blog, é um projeto inspirador que retrata a vida de pessoas que decidiram largar seus trabalhos convencionais e, com muita coragem e uma pitada de ousadia, resolveram apostar em um sonho e se dedicaram ao que realmente amam fazer.
E caso você se interesse, e precise desse tipo de inspiração que te impulsione à novos rumos em sua vida, pode começar clicando aqui para assistir os episódios anteriores.
Para quem já sabe do que estamos falando, nesse sétimo episódio da série vamos conhecer a história da Aira Bonfim, que através do seu passado familiar encontrou um novo trabalho realmente significativo que preencheu qualquer vazio que sentia a respeito.
Mesmo em um emprego das 8h às 18h, Aira nos faz perceber que até dentro dos trabalhos mais convencionais pode-se levar uma vida não convencional com liberdade. Durante o processo para montar o centro de referência do futebol brasileiro, em São Paulo, Aira percorreu as pontas esquecidas de são paulo, conheceu jogadores do futebol amador, visitou campos de terra e fez de estranhos seus aliados para descobrir histórias do esporte. Nesse papo, talvez Aira tenha percebido que todo o caminho a fez voltar para si, quando lembra que o próprio avô, um goleiro de várzea, já havia a enchido de amor e encanto pelos acontecimentos mais simples da vida, como uma despretensiosa pelada de domingo à tarde. Aira não sabe o que vai acontecer após a inauguração do centro de referência do futebol brasileiro, mas pra ela, a graça do final de uma história está em ser pega de surpresa.
Entenda todo esse processo pelo qual ela está passando nas palavras da própria Aira, assistindo ao vídeo abaixo. E quem sabe ela não te ajuda a descobrir um novo rumo na sua vida também.
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
0 Comentários

0 . :

Postar um comentário