domingo, 22 de setembro de 2013

Sítio escavado na Dinamarca pode ser o salão real de "Beowulf"

Uma equipe de arqueólogos da Dinamarca desenterrou um grande salão de jantar em um campo, na cidade de Lejre, que eles acreditam que não só pertenceu ao rei Hrothgar, mas também foi o cenário para o antigo poema Beowulf, a mais antiga obra literatura épica da Inglaterra.
Os arqueólogos - liderados por Tom Christensen, diretor da investigação Lejre - até agora conseguiram descobrir, escavar e datar a edificação de final do quinto, ou início do sexto, século, uma enorme probabilidade de ter sido o primeiro salão real de Lejre (descrito em Beowulf como 'o maior salão debaixo do céu'). Além de reconstruir o que foi o menu para as grandes festas realizadas por lá.

As salas foram os pontos focais de um complexo maior, um aglomerado que incluía prováveis oficinas, celeiros, habitações comuns e locais de atividade religiosa. A arqueologia confirmou o que fontes textuais que datam de milhares de anos atrás, afirmam consistentemente: Lejre, que era um "lugar central", tornou-se, no decorrer do tempo o berço do moderno, reino da Dinamarca.
Na lenda Beowulf - que se acredita ter influenciado, em alguns aspectos, 'O Senhor dos Anéis' de Tolkien e foi transformado em um filme de 150 milhões de dólares- um jovem nobre do sul da Suécia vai para a vizinha Dinamarca no intuito de salvar sua elite dirigente dos ataques de um monstro gigante chamado Grendel. O monstro tinha entrado no grande salão de festas do rei dinamarquês em Lejre, enquanto o rei e os seus guerreiros estavam dormindo fora após uma noite de festa , e conseguiu devorar grande parte deles.
As façanhas do lendário Beowulf foram provavelmente trazidas para a Inglaterra por escandinavos (potencialmente oriundos do sul da Suécia) colonos do início do século 7 dC. O poema foi então escrito por um poeta anglo-saxão anônimo em algum momento do século seguinte.
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
0 Comentários

0 . :

Postar um comentário