sábado, 26 de outubro de 2013

Neil Gaiman explica por que nosso futuro depende de Leitura

Neste mês o escritor Neil Gaiman brilhou em sua palestra na Agência de Leitura no Barbican, em Londres. Gaiman é o autor de vários livros, incluindo Coraline e Deuses Americanos.
Em sua apresentação, ele explicou em termos simples, mas poderoso, o por que do nosso futuro depender da leitura. Usando como exemplo um documentário de Nova York sobre a construção de prisões privadas, ele levantou a questão crucial sobre como ficará o número crescente de presos dentro de 10 ou 15 anos, explicando que há um algoritmo simples no aumento assustador do número da população carcerária: Curiosamente é a mesma porcentagem de crianças entre 10 e 12 anos de idade que, no momento, não possuem acesso a leitura.
Não é necessário ler clássicos maçantes para se obter os benefícios da leitura. Gaiman cita uma conferência de ficção científica que assistiu na China em 2007, um evento surpreendente, já que as autoridades chinesas sempre viram com maus olhos esse gênero literário. 
Por que eles mudaram de idéia? Bem, graças a observação de um oficial superior, eles perceberam que os chineses eram um povo brilhante em fazer coisas que outras pessoas inventaram, mas eles próprios eram incapazes de criar e inovar. Então, eles enviaram uma delegação de estudiosos para uma espécie de estágio na Apple, Microsoft e no Google para aprender um pouco mais sobre seus profissionais. O que eles descobriram foi o seguinte: Todos tinham lido ficção científica na infância.

Gaiman explica que:
"A ficção pode mostrar-lhe um mundo diferente. Ela pode levá-lo em algum lugar que você nunca foi antes. Depois de ter visitado outros mundos, como aqueles dos contos de fada, você nunca pode estar totalmente satisfeito com o mundo que você cresceu, e esse descontentamento é uma coisa boa. Pessoas descontentes podem modificar e melhorar os seus mundos, deixá-los melhor e diferentes.
Ficção tem dois usos. Em primeiro lugar, é uma porta de entrada para a leitura. O básico para se saber o que acontece a seguir, querer virar a página, a necessidade de continuar ... Ela força você a aprender novas palavras, novos pensamentos e seguir em frente . E a segunda coisa é que a ficção constrói empatia."

E termina dizendo:
"Temos a obrigação de ler em voz alta para os nossos filhos. De ler para eles coisas que eles gostam. De ler para eles histórias das quais já estamos cansados. De fazer as vozes para tornar interessante, e não de parar de ler para eles apenas porque eles aprendem a ler para si mesmos. Use o tempo de leitura em voz alta como um momento de ligação, como o tempo em que não há telefones sendo verificados, em que as distrações do mundo são postas de lado."
como visto em Huffington post
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
1 Comentários

Um comentário :