quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

O livro dos símbolos de Carl Gustav Jung

A literatura e a psicologia trazem uma infinidade de bons livros que analisam o consciente e o inconsciente, muitos deles podem ser comprados em lojas especializadas e até mesmo em classificados online permitindo uma grande economia. Dentro os autores mais procurados na literatura da psicologia temos Carl Gustav Jung, um dos mais importantes psiquiatras, que estabeleceu a psicologia analítica, desenvolveu conceitos sobre o inconsciente coletivo e arquétipos.

Além disso, escreveu muitas obras e é apreciado em todo o mundo. Dentro todos os seus livros, aquele  mais importante e reconhecido é O Homem e Seus Símbolos. Essa foi a última obra escrita pelo psiquiatra suíço Carl Gustav Jung que morreu antes de completar a sua obra, e a mesma acabou sendo finalizada por alguns colaboradores depois da sua morte.
Esse livro é um trabalho completo que visava aproximar um público leigo, sobre símbolos e inconsciente coletivo. Nesse trabalho Jung conseguiu reunir todos os seus estudos em maneira sintética, não é importante somente para o campo da psicologia, mas também para o estudo de religiões comparadas, simbologia e antropologia.

Sem nunca esquecer seu grande mestre Sigmund Freud, Jung menciona Freud logo nas primeiras páginas do livro. Jung não considera o sonho como manifestação individual de uma pessoa, mas sim universalmente coletiva, pois os símbolos estudados eram parecidos e presentes em diferentes culturas. Isso não quer dizer que desconsiderava a individualidade dos seres humanos, mas sim de um ser ser coletivo que pertence a um todo completamente inter-relacionado, inconscientemente.
Muito interessante toda a crítica que Jung conduz  as religiões e contemporaneidade, como o fato de que muitas pessoas perderam a fé, mas nos momentos de sofrimento, o individuo procura reformular o significado da própria existência, através de símbolos religiosos por exemplo. Essa importante obra de literatura, que nos orienta  ao inconsciente profundo, nos demonstra os caminhos de individualização, relacionando mitos da antiguidade com o homem moderno, e também o modo como a ciência se confronta com o inconsciente.
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
0 Comentários

0 . :

Postar um comentário