quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Games baseados em clássicos da literatura

Analisando ao longo da história, grande parte das pessoas até poderiam afirmar que livros e games são formas de entretenimento totalmente opostas e, quem sabe, até adversas. Isso vem desde a década de 80 quando 'estudiosos' daquela época já alertavam nossos pais que jogos como Pac Man derreteriam o cérebro das crianças.
Aos poucos esse pensamento vem sendo modificado e hoje até podemos encontrar algumas bibliotecas que utilizam o conceito dos jogos para despertar o interesse pela literatura.

Mas não foi por falta de tentativa que os caminhos de ambos não se cruzaram, ao longo desse meio tempo foram feitas algumas modestas investidas no mercado envolvendo games com temas literários. Infelizmente nenhum desses jogos fez muito sucesso e poucos chegaram a ficar conhecidos, mas ainda assim, acredito que tiveram sua parte na difusão de grandes obras literárias.
Veja abaixo alguns desses livros que acabaram virando jogos de vídeo game...

1. Guia do Mochileiro das Galáxias (1984)
Diretamente de um tempo quando os jogos de computador eram basicamente feitos de textos, sem gráficos, uma empresa formada por nerds de Cambridge, Massachusetts, fez uma pequena fortuna quando decidiu que o universo do Mochileiro das Galáxias era totalmente jogável e criaram o game 'Não entre em Pânico!'
Inimigos: Tratores eminentes e burocratas intergalácticos conhecidos como Vogons.
Armas: Famoso por ter puzzles tão complicados que necessitavam de uma dúzia de objetos diferentes para ser resolvido, a empresa ainda faturou uma grana a mais vendendo camisetas estampadas com "I Got the Babblefish!" porque ninguém conseguia resolver o bendito enigma Babblefish (a resposta envolve uma toalha, um roupão, e uma pilha de lixo eletrônico).
Posso jogar isso? A BBC colocou uma versão gratuita online para comemorar 20º aniversário do jogo. Clique aqui para jogar.

2. Arm Joe ( Jogo de luta do Os Miseráveis) (1998)
Misture Street Fighter com os personagens do romance épico de Victor Hugo com o design de olhos grandes do Manga e você terá Arm Joe (a ortografia fonética de Aa Muju , o título de Os Miseráveis , em japonês). Infelizmente o jogo não caiu no gosto dos fãs do clássico e nem nos de games de luta, mas vale a pena jogar só pra ver Fantine e Javert caindo na porrada.
Inimigos: Quem quer que você jogue contra.
Armas: Basicamente um mano-a-mano com alguns estranhos artificies sobrenaturais (Eponine pode lançar bombas de fumaça dos pulsos). 
Posso jogar isso? Você pode abaixar a versão japonesa clicando aqui , mas só vai conseguir jogar se ainda tiver o Windows 98 rodando em seu PC.

3. O Inferno de Dante (2010)
Os desenvolvedores da Visceral Games receberam várias criticas negativas da imprensa quando decidiram usar o poema épico de Dante para criar uma imitação do imensamente popular God of War (2005). Mas, convenhamos que uma viagem ao inferno com a oportunidade de matar tudo o que encontrar pelo caminho parece bem divertido. Sem contar que, por alguma falta de criatividade, o nome do seu personagem é Dante.
Inimigos: Todas as almas atormentadas do quinto dos infernos, incluindo (suspiro) os espíritos dos bebês abortados e até a própria Morte.
Armas: Uma 'Santa Cruz' que cospe projéteis, e você ainda pode "punir" ou "absolver" os seus inimigos determinando a eles um final devido.
Posso jogar isso? Lançado para Xbox 360 e PS3.

4. The Great Gatsby (1990)
Neste game lançado para o Nintendo, você joga como Nick Carroway coletando taças de martines, esquivando-se de lustres em queda, e à procura de "objetos escondidos" que provavelmente são algum código secreto para o sonho americano.
Inimigos: Mordomos esnobes, parceiras de dança e foliões bêbados.
Armas: Parece que tudo que você precisa para chegar ao final é abusar do seu sex apple.
Posso jogar isso? Online e gratuitamente clicando aqui.

5. Dr. Jekyll e Mr. Hyde (1988) 
Doutor Jekyll está a caminho do seu casamento, mas os cidadãos de Londres insistem em importuná-lo ao longo do seu caminho, e quando ele fica suficientemente bravo se transforma no monstruoso Mr. Hyde!
Inimigos: gatos de rua, pedestres mudos e senhoras da sociedade que deixam bombas pelo caminho.
Armas: Raiva,... Muita raiva.
Posso jogar isso? Se quiser tentar, basta clicar aqui.

6. Ever, Jane (previsto pra 2014) 
Através do Kickstarter, um ex-engenheiro da Second Life já conseguiu levantar $100.000 até dezembro do ano passado para produzir 'Ever, Jane', um jogo de role-playing online baseado nos romances de Jane Austen. Os colaboradores terão propriedades nomeadas dentro do jogo. 
Por enquanto o game é só um protótipo, mas uma coisa já dá pra se prever: Os jantares sociais entre famílias serão os campos de batalha.
Inimigos: Outras famílias em ascensão social.
Armas: O Glamour é a arma que se tem em mãos.
Posso jogar isso? A equipe de desenvolvimento ainda está levantando doações para uma série de metas de crescimento. Saiba mais sobre o projeto clicando aqui.

Veja Também:
-Jogos de tabuleiro inspirados em clássicos da literatura
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
0 Comentários

0 . :

Postar um comentário