sábado, 15 de março de 2014

A jornada instrutiva, por Mark Twain

A HQ abaixo é mais um trabalho do Zenpencil ilustrando algumas palavras de Mark Twain, que retratam uma ideia que valeria um experimento sociológico. 
Viajar ainda é a maneira mais rápida e fácil de se desenvolver socioculturalmente. Uma excelente maneira de abrir os olhos e a mente de alguém de cabeça fechada, é mandar essa pessoa dar uma volta ao mundo.

Se você acha que gaúcho é tudo mal educado, te desafio a passar uma semana em POA, tenho certeza que você irá gostar. Se ainda acha que o Acre não existe, experimente fazer uma visita a Rio Branco, tenho certeza que será muito bem recebido pelo povo acriano. E por acaso você já foi à Bahia, nego?... Não? Pois então vá! Então vá!
Quem sabe assim, algumas pessoas param de usar as redes sociais para dar opiniões tão incisivas sobre assuntos e lugares que só conhecem de ouvi falar.
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
2 Comentários

2 comentários :

  1. Todos deveriam tentar entrar em contato com os objetos de seus preconceitos, criar empatia, e assim se tornar uma pessoa melhor, sempre. É uma ideia que parece simples, mas é necessário uma maior conhecimento de si próprio pra entender o porque dos nossos preconceitos e então, como ultrapassá-los.

    ResponderExcluir
  2. Adorei os quadrinhos! Concordo plenamente! Quando viajamos, entramos em contato com a cultura de cada lugar e passamos a ver com outros olhos o modo como os outros enxergam o mundo. Isso ajuda a qualquer um a entender e ser mais compreensivo com os outros e é essencial para o crescimento de cada um!
    Julgar os outros apenas com a sua própria cultura torna a pessoa muito pequena. Abrir a mente é essencial!
    Beijos,
    Déia!
    Own mine

    ResponderExcluir