terça-feira, 15 de abril de 2014

Ao resgate da Sessão da Tarde de raiz - 'A História sem Fim' (trilogia)

Se as crianças de hoje em dia se orgulham de possuir a saga Harry Potter como um símbolo marcante de sua geração, nós podemos bater no peito e dizer que um dia nós tivemos a trilogia ‘A História sem Fim’ para alimentar a magia em nossas cabeças e transportar-nos para um universo paralelo de fantasia. 
Que apesar de ser uma fantasia destinada especialmente às crianças, podemos dizer que os temas abordados passam longe de ser infantis.
Os filmes são baseados no romance de mesmo nome escrito por Michael Ende, e na época de seu lançamento, o primeiro filme foi considerado o mais caro produzido fora dos EUA. Além das duas conhecidas sequencias, A História Sem Fim também inspirou duas séries de televisão. Uma em desenho animado de 1996, focado nas aventuras de Bastian na terra de Fantasia (diferentes das do livro), enquanto outra em live action chamada Contos da História Sem Fim e contou com 13 episódios.

Os três filmes que já foram presenças constantes na antiga Sessão da Tarde, certamente não passariam pelo exigente selo de qualidade do público atual. Mesmo tendo uma abordagem interessante e um roteiro bem estruturado, os efeitos dos bonecos poderiam ser comparados aos do Castelo Rá Tim Bum. E essa é a única justificativa plausível que vejo para eles não passarem mais na grade de programação da TV, já que nada disso invalida o efeito nostálgico que os filmes causam em quem teve a infância pautada na década de 80.
Como parecia ser de praxe em certas obras cinematográficas daquele tempo, os produtores subestimavam facilmente a inteligência das crianças, ou simplesmente as ignoravam, quando filmavam sequencias sem personagens, conexões e nem mesmo os atores dos filmes anteriores. Imagina como ficariam inconsoláveis as fãs da saga de J. K. Rowling se em cada sequencia de Harry Potter fosse escolhido um ator de diferente para interpretar o bruxo. Pois foi exatamente isso que fizeram com o protagonista Bastian de A História sem Fim. Pode parecer um pouco estúpido falar disso agora, mas isso fazia uma baita confusão na minha cabecinha quando era pequeno. Não era apenas a aparência do personagem que mudava, mas também sua personalidade, e assim eu nunca entendia como aquele garoto nunca levava nada do que aprendia em um filme para o outro.

Como sugere o título dessa coluna, procuramos resgatar aqui a trilogia de ‘A História sem Fim’ para aqueles que pretendem correr o risco de apresentar aos filhos um fragmento de sua infância, mesmo sabendo que será massacrado pelos pivetes quando começar as comparações com os efeitos visuais das produções atuais. 
Mas se você conseguir prender a atenção deles a algumas minucias do enredo, talvez eles saiam com uma lição importante e quem sabe daí não surjam novos leitores ávidos por livros.

A História sem Fim
Bastian é um garoto sonhador, que usa a imaginação como refúgio para os fatos que o entristecem, como as provas de Matemática, brigas na escola e, especialmente, a recente perda de sua mãe. Um dia, o garoto a caminho da escola briga com outros colegas, foge, e acaba parando numa livraria, onde toma conhecimento de um livro chamado "A História Sem Fim". A leitura do livro o transporta ao fantástico mundo de "Fantasia", habitado por um caracol de corrida, um morcego planador, um dragão da sorte, elfos, uma Imperatriz Criança, o valente guerreiro Atreyu e uma pedra ambulante chamada Come-Pedra. O jovem começa a visualizar o que lê. A imperatriz que governa "Fantasia" está morrendo e, junto com ela, todo aquele mundo habitado por criaturas maravilhosas. Um jovem guerreiro é a única esperança para encontrar a cura para a doença da imperatriz e impedir que aquele mundo fosse engolido pelo "Nada".
*Você pode fazer o download do arquivo torrent da versão dublada clicando aqui, enquanto relembra a cena mais triste do filme na cena do vídeo abaixo.

A História sem Fim II: O Próximo Capítulo
Depois do sucesso nos cinemas de A História Sem Fim, que arrecadou mais de US$ 100 milhões nas bilheterias, A História Sem Fim II foi produzida para dar seqüência às aventuras do garoto Bastian Bux e do livro mágico.
Os personagens centrais do best seller de Michael Ende reaparecem nessa história, baseada na segunda parte do romance. Novamente com problemas com os colegas, a escola e seu pai viúvo, Bastian descobre no teste para a equipe de mergulho que tem medo da água. Assim, ele retorna à livraria Coreanders para procurar um livro sobre coragem.
*Você assiste o filme completo e com a dublagem original no vídeo abaixo:

A História sem Fim III: Fuga da Fantasia
Fugindo de uma gangue de garotos, o jovem Bastian esconde-se na biblioteca da escola. Lá, ele encontra o velho Sr. Creander e o livro mágico conhecido como A História Sem Fim. Disposto a esquecer seus problemas, Bastian mergulha na leitura do livro onde a aventura nunca termina e acaba voltando, mais uma vez, para o Reino de Fantasia. Enquanto isso, na escola, o líder da gangue (curiosamente interpretado por Jack Black) encontra o poderoso livro caído no chão e começa a preencher suas páginas com perigos e maldades, transformando Fantasia num verdadeiro pesadelo. Só há uma maneira de salvar o mundo encantado: Bastian precisa retornar ao mundo real e resgatar o livro. Mas as coisas não são tão simples assim. Vários habitantes de Fantasia são transportados acidentalmente com o menino e acabam caindo em diferentes lugares do país. Agora, Bastian precisa encontrar seus amigos, enfrentar a perigosa gangue e recuperar o livro da História Sem Fim, antes que seja tarde demais!
*Você assiste o filme legendado completo no vídeo abaixo:
Gostou de rever este clássico? Lembrou de mais algum filme marcante que gostaria de assistir? Conhece o link pra outro filme que merecia estar nas próximas sessões? Então deixe sua dica e sugestão nos comentários pra desenterrarmos a Sessão da Tarde de raiz.
Quer ver todos os filmes que já resgatamos nesta coluna? Então CLICA AQUI e curta algumas horas de nostalgia. 
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
0 Comentários

0 . :

Postar um comentário