quarta-feira, 7 de maio de 2014

As melhores histórias de Vingança na Literatura

O Imperador romano Marco Aurélio disse uma vez que a melhor vingança é agir diferente daquele que te feriu. Claro, é um sábio conselho, mas onde fica a diversão nisso tudo? Afinal, poucas coisas estimulam tanto o enredo de um livro, ou filme, do que uma boa história de vingança.
Seja uma peleja que envolva nações inteiras em busca de desforra contra seus arqui-inimigos, ou uma vítima solitária tramando alguma punição geniosa para retaliar seus rivais, o fato é que a própria história da humanidade ostenta cenas de vinganças reais que deixariam a de 'Kill Bill' no chinelo. E como na ficção literária a coisa toda sempre ocorre de forma mais intensa, separamos aqui nossos contos favoritos de Vendetta.

✔ Ilíada, de Homero
Primeiro livro da literatura ocidental, a Ilíada parece se tratar, pelo título, apenas de um breve incidente ocorrido no cerco dos gregos à cidade troiana de Ílion, a crônica de aproximadamente cinquenta dias de uma guerra que durou dez anos. No entanto, graças à maestria de seu autor, essa janela no tempo se abre para paisagens vastíssimas, repletas de personagens e eventos que ficariam marcados para sempre no imaginário ocidental. 
É nesse épico homérico que surgem figuras como Paris, Helena, Heitor, Ulisses, Aquiles e Agamêmnon, e em seus versos somos transportados diretamente para a intimidade dos deuses, com suas relações familiares complexas e às vezes cômicas. 
Mas, acima de tudo, a Ilíada é a narrativa da tragédia de Aquiles. Irritado com Agamêmnon, líder da coalizão grega, por seus mandos na guerra, o célebre semideus se retira da batalha, e os troianos passam a impor grandes derrotas aos gregos. Inconformado com a reviravolta, seu escudeiro Pátroclo volta ao combate e acaba morto por Heitor. Cegado pelo ódio, Aquiles retorna à carga sedento por vingança, apesar de todas as previsões sinistras dos oráculos.

✔ Carrie, de Stephen King
Carrie, a Estranha narra a atormentada adolescência de uma jovem problemática, perseguida pelos colegas, professores e impedida pela mãe de levar a vida como as garotas de sua idade. Só que Carrie guarda um segredo: quando ela está por perto, objetos voam, portas são trancadas ao sabor do nada, velas se apagam e voltam a iluminar, misteriosamente. Aos 16 anos, desajustada socialmente, Carrie prepara sua vingança contra todos os que a prejudicaram. A vendeta vem à tona de forma tão furiosa e amedrontadora que até hoje permanece como exemplo de uma das mais chocantes e inovadoras narrativas de terror de todos os tempos. Com tantos ingredientes de suspense, Carrie, a Estranha logo se transformou num enorme sucesso internacional e passou a integrar a mitologia americana.

✔ O Conde de Monte Cristo , de Alexandre Dumas
Traições, denúncias anônimas, tesouros fabulosos, envenenamentos, vinganças e muito suspense. A trama de O Conde De Monte Cristo traz uma emoção diferente a cada página e talvez isso explique a razão de a obra do escritor francês Alexandre Dumas ter se transformado em um clássico da literatura mundial, mexendo com a imaginação dos leitores há mais de 150 anos. 
No romance, o marinheiro Edmond Dantés é preso injustamente, vítima de um complô. Anos depois, consegue escapar da prisão, enriquece e planeja uma vingança mirabolante. A galeria de personagens criada por Dumas faz um retrato fiel da França do século XIX, um mundo em transformação, em que passou a ser possível a mudança de posições sociais. As aventuras de Dantés ainda ganharam diversas versões cinematográficas que colaboraram para o sucesso da trama.

✔ A Ira dos Anjos, de Sidney Sheldon
Jennifer Baker, filha de um advogado do interior, realiza o sonho de sua vida ao ingressar na Promotoria Distrital de Manhattan, em Nova York, disposta a lutar por justiça. A brilhante ascensão de sua carreira, no entanto, dura tempo suficiente apenas para cair em uma cilada durante o primeiro julgamento do qual participa. De repente, a jovem vê seus planos irem por água abaixo e sua vida sofrer uma inesperada reviravolta: além do risco de ter sua licença cassada ela ainda pode ir para a cadeia. Em meio a tudo isso, Jennifer ainda precisa lidar com as questões de seu coração dividido, ela se envolve com Adam, político casado, e com o mafioso Michael. Tem um filho com o primeiro e, por esconder isso de ambos, vira alvo do ódio de Michael.

✔ A Vingança do Poderoso Chefão, de Mark Winegardner
O livro encerra, com muita intriga e reviravoltas, a saga dos Corleone. A trajetória da família atinge o clímax com a interseção entre o crime organizado e a política. E o encontro explosivo de cinco homens poderosos Michael Corleone, Nick Geraci, Daniel Shea, Carlo Tramonti e Tom Hagen numa nova aventura da Cosa Nostra.Michael Corleone, chefe da família de criminosos mais temida dos estados Unidos, luta para permanecer no controle de seu clã, dividido entre a complexidade de questões locais e interesses internacionais. Nick Gerasi, seu velho inimigo, é procurado com fervor pelos Corleone, que o querem morto, e pelos agentes federais, cujas intenções são obscuras. Daniel Brendan Shea é um promotor público ambicioso. Carlo Tramonti busca vingança. Capo do sindicato do crime de Nova Orleans, tudo o que deseja é dar o troco a quem o submeteu à humilhação pública, custe o que custar. Tom Hagen é um homem numa encruzilhada, o consigliere irlandês no mundo italiano. Sua tarefa é conseguir um acordo quase impossível para livrar sua organização da ira do governo. Executá;-la é colocar-se em perigo mortal.Recheado de amargas rivalidades, belas mulheres, homens perigosos e ligações obscuras, 'A Vingança do Poderoso Chefão' é o desfecho perfeito para a saga literária que marcou leitores no mundo inteiro.

✔ O PAU, de Fernanda Young
Diz a crença popular que a vingança é um prato que se come frio. Em 'O Pau', Fernanda Young fala do tema ao contar a história de Adriana, uma bela designer de joias que descobre sinais da traição do namorado, 14 anos mais novo. 
Linda, bem nascida e com uma carreira de sucesso, Adriana tem 38 anos e sofre com as inseguranças que atingem boa parte das mulheres de sua idade. O corpo, embora cuidado com esmero, não tem mais a firmeza encontrada nas meninas de 20. No rosto, começam a despontar as primeiras marcas de expressão, e temores como o aumento do grau dos óculos para vista cansada são uma constante. Por dentro, as marcas de sucessivas decepções amorosas a tornaram extremamente desconfiada. Tudo parecia ir bem até uma noite em que, acordada sozinha na sala da casa do namorado, ouve o celular dele apitar com uma mensagem de um remetente sem nome. Em poucos minutos, a desconfiança de Adriana cresce e ela descobre a identidade de quem mandou o torpedo: uma modelo e atriz que diz ter 21 anos. Diante dos sinais de traição, a designer monta um elaborado plano de vingança, com o objetivo de destruir o que acredita ser a única coisa com a qual seu namorado se importa: o próprio pênis.
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
0 Comentários

0 . :

Postar um comentário