quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Conheça os livros que vão virar filme em 2015

Sempre que é anunciado uma nova adaptação de um livro para o cinema, os adeptos de ambas artes podem se ver diante do seguinte dilema: Correr para ler o livro antes de assisti-lo, ou esperar para assistir o filme de duas horas, pular os dias de leitura e correr o risco de ter que lidar com as discrepâncias que sempre ocorrem entre as duas versões da história. Você escolhe.
Eu já disse por aqui que sou do tipo que adia o filme enquanto puder, na esperança de conseguir tempo livre para ler o livro antes. Porque depois que eu assisto o filme, fico completamente desmotivado em ler o livro e rever a mesma história. Salvo raras exceções.
Mas a verdade é que, mesmo que o fato do 'Livro ser sempre melhor que o Filme que fizeram dele' seja uma lei universal, e as diferenças apresentadas nas adaptações, muitas vezes, causarem raiva e arrancar lágrimas dos leitores mais fanáticos, a gente simplesmente não consegue deixar de assistir o filme que estragou o nosso livro favorito,... Mesmo que alguns autores discordem e insistam que certos filmes melhoraram seus livros.
Para compartilhar este sentimento com nossos leitores, separamos aqui alguns filmes que vão virar filmes no próximo ano de 2015. Mas não nos culpe se algum, personagem, cenário ou contexto for alterado quando chegar aos cinemas.

✔ Sniper Americano, de Chris Kyle
O perturbador relato autobiográfico do atirador mais letal da história das forças armadas norte-americanas!
Ao longo de uma década de serviço, incluindo diversas incursões ao Iraque e a outras zonas de combate durante o auge da chamada Guerra ao Terror, Chris Kyle, atirador de elite dos Seals, alcançou o recorde de mais de 150 mortes confirmadas pelo Pentágono. 
No livro, ele fala abertamente dos sofrimentos da guerra, da morte brutal de alguns companheiros, da ação como atirador e da frieza e precisão que desenvolveu ao longo do serviço, lançando luz não só sobre a perturbadora realidade dos combatentes como também sobre a extrema dificuldade da readaptação dos que retornam ao lar.
Em 2013, Chris Kyle foi assassinado a tiros por um veterano da guerra do Iraque que sofria de estresse pós-traumático, e sua história chega as telas dos cinemas em 2015 em filme homônimo ao livro, dirigido por Clint Eastwood e estrelado por Bradley Cooper.

✔ A Vingança Da Baleia, de Nathaniel Philbrick
Ninguém imaginava que uma baleia pudesse se vingar de uma perseguição. Mas foi o que aconteceu, em 1820, quando um cachalote atacou, a golpes de cabeça, o navio baleeiro Essex até afundá-lo. Os caçadores, muitos deles adolescentes, viram-se abandonados em três frágeis botes na imensidão do oceano Pacífico. O famoso naufrágio inspirou o clássico de aventura Moby Dick, de Herman Melville, e A vingança da baleia reconstitui a história real desses jovens que, durante três meses, navegaram milhares de milhas em busca de salvação. 
Os rigores da natureza, da fome e da sede submeteram os náufragos a sofrimentos terríveis, levando-os aos limites da loucura. O desespero chegou ao extremo: famintos, foram obrigados a se alimentar dos corpos de seus próprios companheiros. Sua luta heróica, recontada quase dia-a-dia, levanta questões sobre o valor da solidariedade e os limites da resistência humana.
A história está sendo trazida para a tela por Ron Howard e possui um elenco impressionante, com Chris Hemsworth, Cillian Murphy, Ben Whishaw e Brendan Gleeson. O primeiro trailer saiu recentemente e deu a entender que será uma aventura épica.

✔ Perdido em Marte, de Andy Weir
Há seis dias, o astronauta Mark Watney se tornou a décima sétima pessoa a pisar em Marte. E, provavelmente, será a primeira a morrer no planeta vermelho. Depois de uma forte tempestade de areia, a missão Ares 3 é abortada e a tripulação vai embora, certa de que Mark morreu em um terrível acidente. 
Ao despertar, ele se vê completamente sozinho, ferido e sem ter como avisar às pessoas na Terra que está vivo. E, mesmo que conseguisse se comunicar, seus mantimentos terminariam anos antes da chegada de um possível resgate. Ainda assim, Mark não está disposto a desistir. Munido de nada além de curiosidade e de suas habilidades de engenheiro e botânico - e um senso de humor inabalável -, ele embarca numa luta obstinada pela sobrevivência. 
Para isso, será o primeiro homem a plantar batatas em Marte e, usando uma genial mistura de cálculos e fita adesiva, vai elaborar um plano para entrar em contato com a Nasa e, quem sabe, sair vivo de lá. Com um forte embasamento científico real e moderno, Perdido em Marte é um suspense memorável e divertido, impulsionado por uma trama que não para de surpreender o leitor.

✔ O Silêncio, de Shusaku Endo
O Silêncio é o mais aclamado dos romances escritos por Shusaku Endo. É uma história ficcional, mas baseada em fatos de um missionário idealista, o jesuíta português Sebastião Rodrigues.
No fim da década de 1630, ele embarca para o Japão para ajudar os cristãos locais brutalmente oprimidos, e descobrir a verdade sobre seu antigo mentor, um teólogo que segundo os rumores, teria recusado o martírio glorioso e escolhido a apostasia. Rodrigues, depois de confrontado com a realidade da perseguição religiosa, tem ele mesmo de fazer uma escolha terrível: abandonar seu rebanho ou seu Deus.
Publicado pela primeira vez em 1966 no Japão, O Silêncio fez enorme sucesso, colocando o cristianismo em discussão, não só entre os japoneses como entre os próprios cristãos. O êxito mundial de O Silêncio, assim como a força do seu enredo, motivou o renomado cineasta Martin Scorsese, que escreveu um prefácio para a obra, a assumir a direção da adaptação para o cinema.

✔ Invencível: Uma História Real de Coragem..., de Laura Hillenbrand
Nesta curiosa história de "Louie" Zamperini, hoje palestrante motivacional, um homem que superou obstáculos com esperança, determinação e bom humor. Quando criança, foi um rebelde incorrigível. Adolescente, canalizou a rebeldia no atletismo e descobriu um talento que o levou às Olimpíadas de Berlim, em 1936, e à perspectiva de ganhar uma medalha de ouro nos Jogos seguintes. Mas com o início da guerra, Zamperini foi obrigado a desistir de seu sonho.
Em maio de 1943, Louis partiu em uma missão de resgate. Em algum ponto do Pacífico, os motores de seu avião pararam de funcionar. A aeronave caiu no oceano, deixando Louis e dois outros homens confinados a um pequeno bote. Vagando por semanas e milhares de quilômetros, enfrentaram fome e sede desesperadores, tubarões pulando no bote, um ataque de um bombardeiro japonês e um tufão com ondas gigantes. Finalmente avistaram uma ilha, e, conforme remavam até ela, sem perceberem, um navio militar japonês se aproximava. A jornada de Louis tinha apenas começado.
Invencível é o relato da ousadia, persistência e ingenuidade de um homem que se recusou a ser vencido, em uma biografia premiada e assinada por uma autora reconhecida por seu material de não-ficção. Seu outro livro, muito elogiado, é "Seabiscuit", sobre um cavalo de corridas, e cuja adaptação para o cinema concorreu a vários Oscar.

✔ As Aventuras do Caça-Feitiço – O Aprendiz, de Joseph Delaney
Thomas Ward é o sétimo filho de um sétimo filho e se tornou aprendiz do Caça-Feitiço. A missão é árdua, o Caça-Feitiço é um homem frio e distante, e muitos aprendizes já fracassaram. De alguma forma, Thomas terá de aprender a exorcizar fantasmas, deter feiticeiras e amansar ogros. Quando, porém, é enganado e cai na armadilha de libertar Mãe Malkin, a feiticeira mais malévola do Condado, tem início o horror... e uma grande aventura.
O Aprendiz, primeiro livro da série de fantasia As aventuras do Caça-Feitiço, escrito por Jospeh Delaney (e traduzido pela prestigiada Lia Wyler, responsável pelo texto em português da saga de Harry Potter), que já vendeu centenas de milhares de exemplares em todo o mundo, é uma história repleta de emoção e muitos, muitos sustos. Vai virar filme com o nome de “O Sétimo Filho” e um elenco que inclui Jeff Bridges, Julianne Moore, Kit Harington e Ben Barnes.

✔ O Pacto, de Joe Hill
Ignatius Perrish e Merrin Williams se conheceram muito jovens e o amor que nasceu entre eles era tudo o que duas pessoas podiam desejar na vida. O que não imaginavam era que, depois de quase uma década, sua história estaria fadada a terminar numa terrível tragédia.
Merrin foi estuprada e morta em condições inexplicáveis e todas as suspeitas recaíram sobre Ig. Após um ano vivendo num purgatório de sofrimento e solidão, ele acorda certa manhã com uma enxaqueca terrível e descobre algo aterrador: havia criado chifres durante a noite.
A primeira coisa que pensa é que se trata de uma alucinação, fruto de sua mente perturbada e deprimida. Mas logo percebe que os chifres são reais e têm o poder de impelir as pessoas a confessar seus pecados. O filme chega ao Brasil no início do ano que vem com o nome de “Amaldiçoado”.

Veja Também:
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
2 Comentários

2 comentários :

  1. Eu sou do tipo que sempre prefere ler o livro antes, mesmo sabendo que vou acabar implicando com a adaptação no cinema. Mas tenho a consciência que é impossível reproduzir um livro inteiro em uma hora! Certa está a HBO que transformou o Game of Trones em série de TV e a Starz que fez o mesmo com Outlander!
    Beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  2. Eu costumava correr pra ler o livro antes de assistir, mas de uns dois anos pra cá mudei minha postura, porque depois que já li, não consigo curtir o filme ou série, fico sempre comparando à obra literária, sendo que muitas vezes a película é realmente boa enquanto obra cinematográfica. Então passei a assistir primeiro e ler depois, porque assim posso formar um conceito sobre o filme sem conhecer a história original e depois o livro vem pra agregar ainda mais informações (e aí eu posso ou não mudar meu conceito sobre o filme! rsrs).

    ResponderExcluir