domingo, 8 de março de 2015

10 Livros baseados em games que valem a pena serem 'zerados'

O universo literário e o mundo dos videogames sempre forma vistos como duas coisas que não se misturam, até porque, é extremamente difícil praticar essas duas atividades ao mesmo tempo. Por um outro lado, 'novelizar' as franquias de jogos, é uma prática que vem crescendo nos últimos anos. Chegando ao ponto do videogame ter seu lugar reivindicado como arte por alguns seguidores mais fanáticos.

Assim como existe uma abundância de livros expandindo os universos de Star Wars e Star Trek sendo lidos por qualquer pessoa interessada em ficção científica, não vejo surpresa alguma na recente popularidade de obras literárias ligadas aos jogos. Abaixo estamos sugerindo alguns deles para, quem sabe, da próxima vez que ocorrer um apagão em sua cidade (o que não é pouco provável de acontecer), você tenha sempre a mão um livro para continuar a aventura que deixou salva no seu videogame.
✔ Halo Cryptum: A Saga dos Forerunners, de Greg Bear
A obra de Greg Bear foi baseada na cultuada saga de videogames desenvolvida pela empresa Bungie Studios e adquirida pela Microsoft, Halo, uma franquia arquibilionária produzida em 2001 para ser reproduzida no console Xbox da Microsoft e dois anos depois adaptada para o PC.
Há 100.000 anos a galáxia era povoada por uma grande variedade de seres. Mas uma espécie, mais adiantada que todos as outras em tecnologia e conhecimentos, conseguiu dominá-la. Eles governaram em paz, mas tiveram que enfrentar a oposição com eficácia rápida e brutal. Eles foram os precursores - os guardiões do Manto, a forma de vida mais avançada no Universo. E então eles desapareceram.
Este é o primeiro livro da série. Cada elemento desta narrativa é uma surpresa para o leitor. A paisagem na qual o game transcorre e também sua estrutura rítmica estão impressas em cada página. O título da história é uma alusão às moradias desse universo mítico, as superestruturas HALO, edificadas no formato de anéis (Editora Planeta).

✔ Uncharted: O Quarto Labirinto, de Christopher Golden
O arqueólogo Luka Hzujak, especialista em labirintos mitológicos, acaba de ser assassinado. Seu corpo, esquartejado, é encontrado dentro de uma mala numa estação de Nova York. Para descobrir quem fez isso a um de seus melhores amigos, Victor Sullivan, um amante de charutos que dedica sua vida a "aquisições praticamente impossíveis de antiguidades", pede ajuda ao caçador de tesouros Nathan Drake, seu pupilo e companheiro de peripécias. Junto com Jada, a filha do arqueólogo morto, Sully e Drake vão enfrentar a maior aventura de suas vidas. 
Seguindo as pistas e orientados pelas anotações do diário de Luka, eles descobrem que a solução do crime está ligada aos labirintos da antiguidade e seus mistérios - entre eles, o de Knossos, que abrigava o Minotauro, na ilha de Creta. Enquanto viajam pelo mundo, dos Estados Unidos para o Egito e a Grécia, Drake e seus amigos percebem que não estão sozinhos. 
Atraído pela lenda de que os labirintos antigos guardavam tesouros, um empresário ganancioso está disposto a fazer de tudo para chegar primeiro, ao mesmo tempo em que uma misteriosa legião de encapuzados quer impedi-los de descobrir que a chave do mistério está, na verdade, no Quarto Labirinto, que, além de ouro e prata, pode guardar um segredo que deixará o mundo assombrado. Baseado em Uncharted, uma das séries de videogame mais aclamadas do mundo, O quarto labirinto é um livro com tanta ação e reviravoltas quanto as melhores aventuras de Nathan Drake no Playstation 3 (Editora Benvirá).

✔ God Of War : A História Oficial que deu origem ao Jogo, de Matthew Stover e Robert E. Vardeman
Um deus traidor. Um guerreiro buscando perdão. No universo dos deuses, a vida é mais do que nuvem e poderes. Tão reais quanto os problemas que os mortais vivem na terra, a inveja, a traição e a maldade também estão presentes no Olimpo.
Kratos é um guerreiro grego que trabalha para os deuses do Olimpo. Com a promessa de ser transformado em um guerreiro perfeito por Ares, o Deus da Guerra, Kratos, enganado por ele, acidentalmente mata a sua família, e segue amaldiçoado pela cinza da morte de seus entes queridos.
Decidido a não servir mais a Ares, Kratos, através de flashbacks ao longo de toda a história, é atormentado pela lembrança de seus atos e procura os outros deuses para fazer um trato e servi-los por dez anos. Ao final desse acordo, o guerreiro procura por Atena, que o livrará dos tormentos e o perdoará por todos os seus atos, mas com uma condição, que ele mate Ares.
Kratos aceita a tarefa, mas para realizá-la, terá que encontrar e usar a poderosa Caixa de Pandora, que esconde todos os mistérios do universo. Mas tão grande quanto o poder de possuí-la, está a responsabilidade de usá-la e nem nos seus piores pesadelos, Kratos imaginava o que o destino estava guardando para ele.
Com uma narrativa tão intensa e desconcertante quanto a proposta no jogo, “God of War” prende o leitor da primeira a última página e o convida a largar o joystick e ser guiado por Kratos nessa aventura épica (Editora Leya).

✔ Resident Evil: A Conspiração Umbrella, de S.D. Perry
Este livro é fundamental para os fãs de Resident Evil que desejam entender o incidente em Raccoon City, que teve início na fabulosa mansão Spencer. 
Usando como pano de fundo a história do primeiro jogo da série, S.D. Perry reconta os acontecimentos registrados nas montanhas Arklay, onde ocorrências de canibalismo assustam a população. A autora vai além da narrativa original e acrescenta momentos anteriores à missão dos S.T.A.R.S., com novas situações para envolver os leitores na busca por respostas aos casos bizarros que, de alguma forma, estão relacionados à corporação Umbrella. 
Aventure-se nas descobertas de Chris Redfield e Jill Valentine, que lutam pelas suas vidas para não serem engolidos pela escuridão eterna. 
Surpreenda-se ao encarar o seu próprio medo das coisas que se escondem por trás de cada esquina (Editora Benvirá).

✔ Gears Of War: Fim da Coalizão, de Karen Traviss
Com Sera dizimada pela Horda Locust e sua população quase extinta, ela agora se divide em três facções: Os Abandonados, aqueles que lutam para viver em pequenos grupos e não atendem a nenhum governo; a COG (Coalizão Ordenada de Governos), que um dia fora uma grande organização, mas que hoje foi reduzida a um punhado de militares e civis; e os Gorasnis, os últimos sobreviventes da URI (União das Repúblicas Independentes), antigos inimigos da COG. 
Quinze anos depois do colapso mundial, COG e URI buscam refúgio na pequena e remota ilha de Vectes. Entretanto, depois da fuga e de uma breve paz entre as duas nações, Marcus Fenix e seus companheiros devem lutar contra outra ameaça, os Lambent, enquanto tentam descobrir a origens das mutações que assolam Vectes e Sera.
Ao decidir entre duas missões suicidas, os Gears e a URI ainda devem enfrentar o presidente Richard Prescott, que guarda um último segredo sobre os Locust e os Lambent. Um segredo que pode definir o futuro da humanidade. Se houver um sobrevivente (Única Editora).

✔ Metrô 2033, de Dmitry Glukhovsky
Países inteiros destruídos, florestas devastadas, escassez de alimentos e água. O ser humano já não tem mais o comando sobre a Terra. Novas formas de vida a dominam. Um desastre nuclear varreu a superfície terrestre obrigando os poucos sobreviventes a uma existência sem sentido e sem esperança nos túneis do metrô de Moscou. 
É nesse cenário pós-apocalíptico que Dmitry Glukhovsky traz o tema que enche o ser humano de curiosidade e incerteza: a possibilidade do fim do mundo. Metrô 2033, que inspirou a criação de um dos games mais eletrizantes da atualidade, cria uma atmosfera caótica ao tentar mostrar como se comportaria um ser humano em um ambiente onde o que predomina é o instinto de sobrevivência (Editora Planeta).

✔ Assassin's Creed - Renascença, de Oliver Bowden
Traído pelas famílias que governam as cidades-estado italianas, um jovem embarca em uma jornada épica em busca de vingança. Para erradicar a corrupção e restaurar a honra de sua família, ele irá aprender a Arte dos Assassinos. Ao longo do caminho, Ezio terá de contar com a sabedoria de grandes mentores, como Leonardo da Vinci e Nicolau Maquiavel, sabendo que sua sobrevivência depende inteiramente de sua perícia e habilidade. Assim começa uma épica história de poder, vingança e conspiração.
Baseado no jogo homônimo desenvolvido pela empresa canadense Ubisoft Montreal, o livro é uma febre mundial é já vendeu mais de 2,5 milhões de exemplares nas plataformas PC, Xbox e Playstation (Editora Record).


✔ Hitman: A Condenação, de Raymond Benson
A partir dos personagens do aclamado jogo de videogame, Raymond Benson desenvolve uma narrativa com o melhor assassino do mundo, um homem geneticamente criado e aprimorado para matar e que atende pelo nome de 47. 
Nessa história, passada no intervalo entre os dois games, Blood Money e Hitman - Absolution, 47 vai viajar para lugares exóticos como Nepal, Chipre e Caribe, conhecer chefões do crime, negociar acordos obscuros com contatos enigmáticos e eliminar grandes figuras políticas dos Estados Unidos. 
Balas voarão e corpos irão cair enquanto o Agente 47 tenta finalizar aquilo que foi programado para fazer (Editora Leya). 

✔ Need For Speed, de Brian Kelleher

O sucesso dos games agora em livro e nos cinemas! Tobey Marshall é uma lenda no mundo das corridas de rua. Agora que ele está aposentado, seu único desejo é tocar a oficina do pai junto com os amigos e membros do seu ex-time de corrida. Mas um último desafio feito por um velho parceiro acaba levando um de seus amigos à morte e Tobey para a cadeia, acusado de um crime que não cometeu. Três anos depois, Tobey é solto. Entretanto, está completamente sem opções. Sua equipe se dispersou e a oficina não existe mais. A única esperança para Tobey surge em uma proposta tentadora, uma corrida incrível que contará com pilotos de todo o país em um desafio lendário em ruas públicas até a Califórnia. Suas chances são boas, mas um velho inimigo está determinado a derrotá-lo. Perseguições em alta velocidade, descrições perfeitas dos carros tunados e exóticos, emoções perigosas e uma aventura surpreendente. As páginas deste livro elevarão a adrenalina do leitor (Única Editora).

✔ Bioshock: Rapture, de John Shirley
Fim da Segunda Guerra Mundial. As bombas atômicas de Hiroshima e Nagasaki trouxeram ao mundo o medo de uma total aniquilação. Novas políticas foram adotadas pelo governo americano, a fim de recuperar e restaurar a economia do país. Os altos impostos, o aumento da intervenção do Estado nas instituições privadas e o crescente poder das agências de inteligência davam ao cidadão comum a impressão de eterna vigilância. A sensação de liberdade diminuía a cada dia... e muitos pareciam dispostos a fazer de tudo para reconquistá-la. Entre eles, havia um grande sonhador, Andrew Ryan, decidido a criar sua própria utopia: uma cidade livre de governo, de censura, de restrições morais à ciência. Nesta cidade, tudo seria possível, e cada um receberia de volta o correspondente a seu esforço individual. Esta cidade era Rapture, a joia no fundo do mar. Mas nem tudo correu conforme o esperado, e uma grande tragédia abalou os planos daquele sonhador. Esta é a história do início de tudo... e do fim.

Veja Também:
-Games baseados em clássicos da literatura
-'The Novelist', um game baseado na complicada vida de escritor
-Jogos de tabuleiro inspirados em clássicos da literatura
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
0 Comentários

0 . :

Postar um comentário