quinta-feira, 19 de março de 2015

Gears of War – Fim da Coalizão (Karen Traviss)

Eu que nunca tive muita ligação com o universo dos games, talvez  justamente por gastar quase que praticamente todo o meu tempo livre com a leitura, recentemente tenho tido um contato gradual e agradável com este mundo devido a este novo gênero que já chegou fincando a sua bandeira nas livrarias. É estranho pensar que os jogos eletrônicos, a forma de expressão artística mais recente já criada, evoluíram tanto que chegaram ao ponto de dever o seu enorme sucesso a uma arte tão antiga quanto é a escrita. Com a incrível habilidade de tornar ‘jogável’ praticamente qualquer realidade que possa ser imaginada pelo homem, acredito que esse tipo de obra comete uma louvável contribuição abrindo um novo leque de possibilidades e cenários para a literatura. Para elucidar o fato, sugerimos que confira a nossa postagem com 10 Livros baseados em games que valem a pena serem 'zerados'.
Para me aventurar por este novo gênero que já reivindica o seu espaço no mercado, escolhi o livro Gears of War – Fim da Coalizão (Única Editora, 448 páginas) , da autora Karen Traviss, lançado por aqui com o fino acabamento gráfico da Única Editora.

Totalmente baseado no enredo e personagens do premiado jogo de nome homônimo a obra, Fim da Coalizão consegue o incrível efeito de colocar o leitor dentro de um cenário militar explosivo que, até então, seria difícil acreditar que pudesse ser reproduzido sem os efeitos visuais e sonoros da computação gráfica.
Mais de uma década após o colapso mundial e com a população quase extinta pelo ataque da Horda Locust, os sobreviventes se dividem em três facções, e precisarão lidar com as suas diferenças enquanto buscam refúgio na remota ilha de Vectes. Enquanto os remanescentes da gloriosa Coalizão Ordenada de Governos buscam um frágil tratado de paz com seus antigos inimigos da União das Repúblicas Independentes, Marcus Fenix e sua equipe estão prestes a lidar com a ameaça constituída pelos Lambent.
Correndo em paralelo, ainda podemos acompanhar os conflitos pessoais e grandes passagens da vida de Victor Hoffman, comandante da COG, e entender um pouco mais das consequências da sua eterna pendência com Richard Prescott.

A autora inglesa Karen Traviss, que traz na bagagem trabalhos que compõe a série literária de Star Wars e Halo, apresenta uma narrativa descompromissada que se aprofunda no psicológico dos protagonistas já conhecidos dos jogadores, trabalhando detalhes de suas relações pessoais e fatores importantes que são explorados superficialmente dentro da franquia. Impressionou-me a forma corajosa como Traviss esboçou os personagens masculinos, transbordando testosterona e demonstrando uma faceta tradicional masculinidade bélica, que muitos autores homens atuais não estariam dispostos em desenvolver em seus trabalhos.
O conceito de ler um livro que é baseado em um jogo eletrônico sem nunca ter jogado o console antes, pode parecer meio desconexo para a maioria das pessoas que transitam apenas em uma das duas esferas (games e literatura), mas na maioria desses projetos esse tipo de contato tem ocorrido de forma quase imperceptível, cumprindo o papel de levar o leitor a virar um jogador, ou vice-e-versa, por um processo de interesse natural.

Para se alistar nesta missão e sobreviver ao Fim da Coalizão, clique agora no banner abaixo da nossa parceira Submarino e compre o seu exemplar. Depois volte aqui e conte a sua própria experiência com o livro em nossos comentários.
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
0 Comentários

0 . :

Postar um comentário