sábado, 7 de março de 2015

Uma Visão do Fogo (Jeff Rovin & Gillian Anderson)

Depois de povoar nossas mentes com extraterrestres e teorias conspiratórias na década de 90, a atriz que interpretou a agente Scully na intrigante série Arquivo X, está de volta ao universo da ficção atuando como escritora e lançando o seu primeiro livro em parceria com outro autor. Uma obra que inevitavelmente herda todo aquele clima de suspense que povoou os episódios da extinta série que consagrou a sua personagem, mas com o compromisso de apresentar uma história original sem qualquer ligação 'alienígena' com o conceito já explorado dentro do seriado.
Com uma narrativa pontualmente construída, talvez a obra 'Uma Visão de Fogo' (Editora Leya/Selo Fantasy, 304 páginas) não supre totalmente o vazio cativado pelos fãs órfãos de Arquivo X, porém, tenho certeza que a trama desenvolvida por Jeff Rovin e Gillian Anderson vai abduzir a atenção de qualquer leitor de ficção que aprecie o seu legado.

De forma surpreendente, com um enredo que consegue envolver a dose certa de diversos elementos que são considerados 'em alta' no momento, o leitor é conduzido por uma história intrigante que funciona propositalmente como um roteiro cinematográfico,... Ou até mesmo como um piloto para uma série própria.
Em meio a um incidente diplomático que pode ter consequências catastróficas para o mundo oriental como o conhecemos, acompanhamos a especialista Caitlin O’Hara, psicóloga infantil contratada sob sigilo absoluto por um renomado embaixador que, após passar pelo trauma de uma tentativa de assassinato, vê a sua filha desenvolver estranhas atitudes após o acontecimento. A jovem Maanik começa a se autoflagelar, falar línguas obscuras e cometer outras excentricidades dignas da menina do filme 'O Exorista'. Enquanto luta para salvar a própria filha, o embaixador Ganak Pawar precisa agir como representante da Índia no palco das Nações Unidas para evitar uma tensa guerra nuclear que arma suas trincheiras contra o Paquistão na região da Caxemira.
Com o tempo, a psicóloga O´Hara vem a descobrir que Maanik não é a única jovem a apresentar esses sintomas, e logo surge dezenas de outros jovens com problemas similares em lugares diferentes do mundo. E agora eles podem estar lidando com uma questão bem mais nociva do que as armas nucleares apontadas para os seus países.

Talvez, pelo seu estilo de narrativa que parece emular um 'roteiro de Hollywood', eu senti certa falta de uma descrição maior e mais detalhada da constituição física das personagens. Ainda que não seja um fator que afete diretamente a trama do livro, pode surgir como um empecilho para leitores menos experientes.
A obra cumpre o seu papel em apresentar um desfecho bem original que fatalmente surpreenderá qualquer pessoa que espera fazer algum paralelo do livro com a série Arquivo X... Já que nesse caso, a verdade não está la fora, e sim dentro dessas páginas esperando pra ser descoberta.

Para tentar desvendar este mistério, clique agora no banner abaixo da Saraiva, e compre o seu exemplar. Depois volte aqui e conte a sua própria experiência com o livro em nossos comentários.
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
1 Comentários

Um comentário :

  1. Gostei muito desse livro e nem percebi a falta de descrição dos personagens! Acho que criei uma imagem qualquer na cabeça e segui a leitura sem o menor problema! hehehe
    beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir