segunda-feira, 29 de junho de 2015

Como divulgar o seu livro auto-publicado gastando o mínimo possível

Este não é um guia exaustivo que promete te levar para o topo da lista dos mais vendidos com alguns passos simples. Para isso precisaríamos de centenas de laudas sobre este longo processo, e uma conversa bem mais profunda a respeito. Os itens relacionados abaixo são exatamente o que diz o título, dicas baratas. Não necessariamente as principais dicas, mas orientações simples que vão te dar um norte ao iniciar a sua jornada no mercado editorial, contando com um baixo orçamento em caixa.
Eu trabalhei com publicidade durante quase vinte anos, sendo os cinco últimos apenas com a divulgação literária. Tempo suficiente para notar a carência de um espaço sério dedicado a promoção de pequenas editoras e literatura independente, além de identificar as falhas desnecessárias que alguns autores cometem ao tentar promover o seu trabalho.

Além do seu propósito cultural, o DpM também foi gerado para preencher esta lacuna e ser um ponto de referência para a literatura independente que precisa chegar até o seu público, mas não tem condições de arcar com os caros pedágios cobrados pelos métodos tradicionais das livrarias. Enquanto as grandes editoras ainda pagam valores de cinco dígitos por uma menção em uma grande revista que tem tiragem limitada e uma circulação de apenas uma semana nas bancas, os autores auto-publicados evoluem investindo um quinto desse valor em blogs e sites que eternizam suas obras em resenhas e matérias literárias que permanecem disponíveis por tempo indeterminado na internet. Basta uma conta simples de custo/benefício para descobrir onde as editoras estão errando. E com um pouco mais de esforço, queremos mostrar que dá pra se organizar e economizar ainda mais na hora de divulgar o seu livro. E é sobre isso que vamos falar nos itens abaixo:

✔  Tenha um Plano
Para aumentar as suas chances de sucesso você vai precisar de um plano. E um dos bons. Isso inclui um calendário de publicações, metas de divulgação, e um objetivo bem traçado na sua mente. Para os autores que buscam publicidade aqui no site, sempre orientamos que o marketing de uma obra seja feito de forma gradual, com um planejamento de ações diferentes ocorrendo ao longo do mês, para ir conquistando o interesse do leitor aos poucos e de forma quase imperceptível para o público.
Sempre tomando cuido para não cometer nenhum dos 7 Pecados Capitais da divulgação de um livro independente.

  Separe as suas finanças pessoais das finanças do seu livro
Este ponto deveria ser um senso comum, mas de alguma forma ele é sempre negligenciado, e é exatamente assim que a maioria dos indivíduos e empresas costumam ficar em apuros. Não há problemas em fazer um investimento no seu negócio livreiro, mas você não vai querer usar o seu orçamento alimentício para pagar um capista, e certamente não pode contar com os royalties do seu livro para pagar as suas contas do mês que vem, não importa o quão boa seja a sua obra.

✔  Conheça o seu orçamento, e saiba como usá-lo
Qual é o seu orçamento para a divulgação do seu livro? Essa é a primeira pergunta importante a ser respondida, e a resposta irá informar todos os outros aspectos do seu negócio daqui para frente. Você vai precisar de algum capital inicial, isso com certeza, embora para este artigo vamos considerar que este valor não seja muito para quem está começando agora. 
Eu não posso te dizer o quanto exatamente o seu orçamento deveria ser, isso é uma decisão pessoal, e uma que você vai ter que descobrir sozinho. As editoras gastam em média 3 Reais por cada exemplar de tiragem na divulgação de um lançamento (ou seja, se você tem uma tiragem de 1000 livros, o ideal é que separe 3.000 Reais para a publicidade da obra). Talvez você tenha separado um dinheiro para esse primeiro investimento, ou quem sabe tenha levantado o valor através do Crowdfunding, o fato é que precisa ter em mente todos os custos envolvidos, e que mesmo após a arte da capa, edição e impressão, há muito mais a se considerar para ver o seu livro disponível no mercado.
Depois de saber o seu orçamento geral, é aconselhável dividir esse dinheiro em categorias. Parte para a edição, outra para a distribuição, uma certa quantia para a divulgação, e uma fatia do lucro para reinvestir no seu negócio.
✔  Conheça o seu público
Identificar o seu público permite que você descubra onde encontrar os seus clientes, críticos e potenciais leitores. É um exercício útil que vai te ajudar consideravelmente a atingir o seu objetivo. Descobrir o seu público pode ser uma tarefa árdua. Pergunte a si mesmo "qual o gênero que eu quero publicar?".
Uma vez que você defina o gênero, ou gêneros, que você vai trabalhar, você vai ter que abordar outras questões. Mercado de massa ou venda por demanda? Você vai publicar apenas eBooks ou também livros físicos? Onde você pode anunciar para conseguir alcançar esse público? Todas estas perguntas são importantes, e você deve gastar um tempo para analisar cada uma separadamente, e sem pressa. Somente com essas respostas bem definidas, você vai saber como introduzir o seu livro auto-publicado no mercado literário.

✔  Conheça os seus pontos fortes
Se você está começando esta batalha como um exército de um homem só, você vai ter que ficar bom em muitas coisas diferentes, em um curto período de tempo. Narrativa, edição, revisão, arte da capa, layout de propaganda, digitalização, comunicados com a imprensa, contato com os livreiros, gerenciamento de contas financeiras, redes sociais, marketing e responder aos leitores, são apenas algumas das tarefas necessárias para a execução de uma publicação bem sucedida. Faça uma lista dos seus pontos fortes, e veja aquilo que você está preparado para executar, aquilo que ainda precisa aprender, e o que você vai precisar terceirizar. Durante a execução de uma auto-publicação, em muitas etapas você vai precisar da ajuda de outros profissionais.

✔  Faça Contato
Você precisa interagir com outros profissionais. Isso te ajudará a entender o mercado que você pretende trabalhar, e com isso você vai conseguir contatos e amigos inestimáveis ​​ao longo desse caminho. Quando você criar esta rede, seja online ou socialmente na vida real fora de casa, procure não esperar nada de ninguém e sempre que possível tenha algo a oferecer. O assunto em pauta nem sempre pode ser o lançamento do seu livro mais recente, o objetivo aqui é o compartilhamento de experiências e a oportunidade de aprender com outros profissionais. Se você for uma pessoa humilde e sincera, vai se sair bem. Mas se você acha que este meio é uma guerra de berros onde se sai melhor aquele que grita mais alto, vai ter uma desagradável surpresa pelo caminho.

✔  Leia muito
Outra dica que parece óbvia. Se você pretende entrar no mercado literário, mas não é o tipo de pessoa que gosta de ler, por que diabos você está fazendo isso? Por dinheiro? Hahahah, mas que piada. Eu estou partindo do princípio de que você já leu o suficiente sobre o gênero que quer abordar, e já tem uma boa ideia de como vai dar andamento ao seu projeto. Eu também vou supor que você leia outras coisas fora do seu gênero favorito, porque isso é extremamente aconselhável. Eu também te imploro para ler não-ficção e biografias.
Leia sobre administração de negócios, gerenciamento de finanças, saúde (porque trabalha em frente um computador durante o dia todo tem seu preço e, ocasionalmente, você terá que sair da casa. Mesmo que a falta de corte do meu cabelo discorde disso), liderança, empreendedorismo e, principalmente livros sobre como escrever livros. Aqui temos algumas dicas sobre livros que todo aspirante a escritor deveria ler.

Veja Também:
-Os 7 Pecados Capitais da divulgação de um livro independente
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
0 Comentários

0 . :

Postar um comentário