segunda-feira, 26 de outubro de 2015

STAR WARS: Herdeiro do Império (Timothy Zahn)

Para um trabalho com um apelo visual tão forte quanto o da franquia Star Wars, eu confesso que cultivei um forte receio em experimentar a saga em outras mídias. Simplesmente porque me parecia impossível reproduzir todo aquele espetáculo de luzes e imagens proporcionadas na tela de um cinema, e que são responsáveis por grande parte do sucesso da série. Mas bastou folhear algumas páginas do meu primeiro livro ligado a saga, que logo percebi que toda a 'pirotecnia' que eu precisava, e temia sentir falta durante a leitura, já estava naturalmente incrustada na minha mente devido aos anos que cresci consumindo essa cultura por osmose. E logo todos os personagens, cenários e conflitos que envolviam aquele universo foram reconstruídos na minha cabeça, e de novo eu estava imerso em outra aventura empolgante em uma galáxia muito distante daqui.
Com o status de ser o primeiro livro que precedeu a trilogia clássica, 'STAR WARS: Herdeiro do Império' (Editora Aleph, 472 páginas), dá início a uma nova trilogia literária pelas mãos habilidosas de Timothy Zahn. Aqui temos Luke, Leia, Solo e seus amigos, novamente reunidos cinco anos após o fim do sexto filme para enfrentar um novo desafio.

Com a República dando seus primeiros passos após a a sua recente formação, o Império movimenta seus últimos recursos para contra atacar após a derrota épica  de Darth Vader. Para recuperar a vantagem dessa guerra, o Império conta com a mente estrategista do grão-almirante Thrawn, um veterano militar com um passado de vitórias, obcecado em recuperar o poder imperial. E para executar essa missão ele conta com um rústico artificie que possui o estranho dom de anular a Força dos Jedis. 
Com a difícil tarefa de criar um vilão tão envolvente quanto o seu antecessor, o autor decidiu desvincular a figura sombria óbvia de Lord Vader, e apresenta um antagonista mais sútil e racional, com a capacidade de tomar decisões livres de qualquer envolvimento emocional com seus objetivos.
Porém, é notável que Timothy Zahn fez o possível para utilizar os mesmos elementos básicos que consolidaram a trilogia original, e, pelo menos nesse primeiro volume que inicia essa trilogia, eu achei que ele ousou pouco com o enredo, principalmente ao procurar encaixar substitutos para cada personagem marcante que morreu na trilogia anterior.
Ainda assim, Herdeiro do Império apresenta uma história divertida e crível que cai facilmente no gosto de qualquer fã de Star Wars.

Vale lembrar que, após a venda dos direitos da franquia para a Disney, essa obra e várias outras que a sucederam foram taxadas com uma faixa dourada e intituladas como 'Lendas' do universo criado por George Lucas. Tudo isso para não atrapalhar os seus futuros planos para a nova trilogia que será lançada no cinema. Embora, com a diferença de idade dos personagens, particularmente, eu acho que essa trilogia em específico de Timothy Zahn não faz tanta diferença na cronologia oficial.
Herdeiro do Império cumpre o seu papel em resgatar toda a magia de Star Wars e dar aos leitores um gostinho a mais da trilogia que marcou a infância de toda uma geração.

Para conhecer o final desta história, clique agora no banner abaixo da nossa parceira Submarino e compre o seu exemplar. Depois volte aqui e conte a sua própria experiência com o livro em nossos comentários.
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
0 Comentários

0 . :

Postar um comentário