quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

5 "Clubes do Livro" bem específicos que adoraríamos participar

Poucas coisas são tão gratificantes para um viciado em livro do que encontrar um grupo de leitores assíduos com quem possa compartilhar suas leituras favoritas. E nesse caso, os 'Clubes do Livro' ainda são a melhor forma, e a mais barata, de se conectar com outras pessoas ligadas a literatura. Afinal, para formar a sua própria equipe de leitores, você só precisa escolher um bom tema de interesse comum e pesquisar alguns livros que não podem faltar no seu Clube do Livro.
E para te ajudar nessa iniciativa, propomos aqui alguns temas bem originais para configurar o seu Clube do Livro. Abaixo estão algumas ideias com sugestões para as primeiras escolhas:

Clube da Segunda Guerra
Por mais que a história da Segunda Guerra já tenha sido contada e recontada diversas vezes, esse grande evento não cansa de fascinar diversos leitores por todo o mundo. Pessoas que sempre estão dispostas a descobrir novos episódios e personagens marcantes neste período histórico. Um grupo formado exclusivamente para discutir este episódio, tanto com livros de ficção quanto os de não ficção, seria ideal para entender melhor as vaidades humanas que nos levam à guerras e batalhas,...Até mesmo dentro do próprio clube.
Ideia Bônus: O final da reunião sempre pode terminar com uma empolgante partida do clássico War.

#DICAA Legião dos Condenados, de Sven Hassel
Foi enquanto pagava sua sentença em um campo de prisioneiros que Hassel começou a escrever esse seu primeiro livro. A Legião dos Condenados foi publicado na Dinamarca, em 1953. Até hoje é o único romance dinamarquês que foi vendido por mais de seis décadas consecutivas, desde a sua primeira edição.
Em nome do Führer, Grefreiter é condenado a quinze anos de trabalhos forçados por deserção . Fica igualmente decretado que será desligado do seu regimento e privado dos seus direitos civis e militares por tempo indeterminado. Com essa sentença, o soldado passou a fazer parte de um batalhão de condenados e foi enviado ao campo de extermínio de Lengries, uma das mais revoltantes e sádicas prisões da Alemanha nazista, reservada para os desertores, prisioneiros políticos e todos aqueles que ousavam desobedecer ao Terceiro Reich. Ali ele é testemunha de torturas revoltantes, indescritíveis, e horrores inomináveis, frutos da doentia criatividade do sadismo. 
Ouvindo todo dia, ininterruptamente, que não passavam de porcos corruptos e canalhas, escória da raça humana, os emaciados sobreviventes dos campos de concentração vão aprendendo a conviver com a brutalidade e a morte, e passam a acreditar que nada mais conseguiria chocá-los ou despertar tanta repugnância (Editora Labareda).

✔ Clube de Star Wars
Com os lançamentos compulsivos ligados a franquia Star Wars, não vai ser difícil encontrar um grupo de fãs dedicados a discutir exclusivamente sobre o Universo criado por George  Lucas. Com certeza a sensação será a mesma de ir ao cinema com os amigos e sair da sessão comentando as cenas do filme.

#DICA: STAR WARS: Estrelas Perdidas, de  Claudia Gray
Ciena Ree e Thane Kyrell se conheceram na infância e cresceram com o mesmo sonho: pilotar as naves do Império. Durante a adolescência, sua amizade aos poucos se transforma em algo mais, porém diferenças políticas afastam seus caminhos: Thane se junta à Aliança Rebelde e Ciena permanece leal ao imperador. Agora em lados opostos da guerra, será que eles vão conseguir ficar juntos? Através dos pontos de vista de Ciena e Thane, você acompanhará os principais acontecimentos desde o surgimento da Rebelião até a queda do Império de um jeito absolutamente original e envolvente. O livro relata, ainda, eventos inéditos que se passam depois do episódio VI, O retorno de Jedi, e traz pistas sobre o episódio VII, O despertar da Força! ( Editora Seguinte ).

✔ Clube do Realismo Mágico
Livros que apresentam um universo mágico são repletos de detalhes, mistérios e simbolismos. Nunca fica claro onde a realidade do livro termina e a imaginação dos leitores começam. Isso significa que duas pessoas podem ler o mesmo livro e ter duas experiências totalmente diferentes, permitindo o compartilhamento de interpretações. O melhor é que este clube pode abranger praticamente de tudo, de Haruki Murakami a Gabriel García Márquez.

#DICA: A Peculiar Tristeza Guardada Num Bolo De Limão, de Aimee Bender
O que você faria se pudesse sentir o gosto das emoções? 
Rose Edelstein é uma menina que descobriu ter um talento incomum: ela sente o sabor das emoções das pessoas que preparam aquilo que come. E tudo começou semanas antes de seu aniversário quando, depois de uma briga com seu pai, sua mãe resolveu fazer um delicioso bolo de limão. 
Imagine o que você faria se seu paladar pudesse decifrar o gosto das emoções? 
É com isso que Rose tem de conviver daqui para frente. Com apenas nove anos, a curiosa menina sabe o que cada um sente secretamente e percebe que nunca mais comerá seus pratos preferidos do mesmo jeito. 
E o que ela pode fazer para lidar com isso? A Peculiar Tristeza Guardada Num Bolo De Limão, da escritora americana Aimee Bender, foi traduzido para dezesseis idiomas e ganhou diversos prêmios (Editora Leya).

✔ Clube do Stephen King
De acordo com a internet, Stephen King escreveu mais de 60 livros. E talvez tenha lançado pelo menos mais uns dez só no tempo em que você está lendo isso. Não consigo imaginar nenhum outro escritor que tenha produzido tantos sucessos na carreira. Você pode começar pelo lançamento mais recente e alternar entre o novo e antigo do autor, de qualquer forma, tenho certeza que vocês sempre terão tópicos para muitas reuniões.

#DICA: Revival, de Stephen King
Em uma cidadezinha na Nova Inglaterra (EUA), mais de meio século atrás, uma sombra recai sobre um menino que brinca com seus soldadinhos de plástico no quintal. Jamie Morton olha para o alto e vê a figura impressionante do novo pastor. O reverendo Charles Jacobs, junto com a bela esposa e o filho, chegam para reacender a fé local. Homens e meninos, mulheres e garotas, todos ficam encantados pela família perfeita e os sermões contagiantes. Jamie e o reverendo passam a compartilhar um elo ainda mais forte, baseado em uma obsessão secreta. Até que uma desgraça atinge Jacobs e o faz ser banido da cidade. Décadas depois, Jamie carrega seus próprios demônios. Integrante de uma banda que vive na estrada, ele leva uma vida nômade no mais puro estilo sexo, drogas e rock and roll, fugindo da própria tragédia familiar. Agora, com trinta e poucos anos, viciado em heroína, perdido, desesperado, Jamie reencontra o antigo pastor. O elo que os unia se transforma em um pacto que assustaria até o diabo, com sérias consequências para os dois, e Jamie percebe que "reviver" pode adquirir vários significados (Suma de Letras).

 Clube de Memórias do Rock'n Roll
Se você gosta da música de qualquer artista ou banda que foi sucesso nas décadas de 60, 70, 80 e 90, existe grandes chances dele ter uma biografia lançada, ou pelo menos um livro de memórias, lançado nos últimos anos. Praticamente todos, de Slash até o Lobão, fizeram questão de imprimir suas histórias nas páginas de um livro.
Ideia Bônus: Pegue algumas dicas em nossa lista com as 7 melhores Biografias do Rock'n Roll.

#DICA: A Vida e a Música de Iggy Pop, de Paul Trynka
A vida e a música de Iggy Pop - Open Up and Bleed consegue transcender a vida e música do astro do rock'n'roll, se tornando um registro sobre a morte do sonho hippie, a influência das drogas na criatividade artística, a natureza da camaradagem e as devastações causadas pela fama. Paul Trynka, ex-editor da revista inglesa MOJO, viajou por todos os cantos - Califórnia (EUA), Nova York (EUA), Berlim (Alemanha), Londres (Inglaterra)- realizando mais de 250 entrevistas com amigos de infância, amantes, companheiros de banda, músicos e o próprio Iggy, a fim de construir a história desse ícone fundamental para a cena musical dos anos 1970 a 1990. 
O resultado é um fascinante retrato do artista Jim Osterberg, com detalhes da infância, do enigmático relacionamento com o amigo e mentor David Bowie, das orgias e drogas com os Stooges e toda a construção do alter ego Iggy Pop (Editora Aleph).

Veja Também:
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
0 Comentários

0 . :

Postar um comentário