sexta-feira, 1 de julho de 2016

5 Quadrinhos eróticos para mulheres (Parte III)

Mais uma vez observamos o tema intitulado ganhando espaço no mercado nacional, chegando a merecer uma terceira lista com indicações provocantes deste gênero em específico. Afinal, até mesmo o erotismo também merece uma 'versão feminina' de si, com publicações que deixem o público feminino mais a vontade para se aventurar por esse estilo.
Para aqueles que ainda acham que os quadrinhos, principalmente os eróticos, são coisas para homens. Confira abaixo algumas HQs excelentes feitas especialmente para elas:

 Safadas: Encontros (Vários)  
Sensuais, erótica, explícitas… safadas! Chega pela editora Nemo o segundo volume da deliciosa coleção de HQs em que o sexo e a sensualidade são os temas principais. Aventuras sedutoras, relações casuais, incríveis escapadas e tramas provocantes estão reunidas nesta segunda coletânea Safadas: Encontros.
Uma coletânea de histórias eróticas e explícitas que narram aventuras sexuais, relações casuais e tramas provocativas que abalam a convicção de qualquer cristão. Tudo isso embalado pelos traços de uma arte sensual de artistas como Altuna, Beltran, Bertrand, Ceppi, Faure, Galliano, Prado, Smolderen, Varenne, Fernando Scheibe e muitos outros.
Um álbum produzido por quadrinistas europeus renomados, para leitores adultos que gostam de viagens envolvendo beleza e erotismo. (Editora Nemo)

 Giovanníssima (Giovanna Casotto)
Poucos quadrinhos eróticos são tão explícitos como aqueles desenhados pela italiana Giovanna Casotto, espécie de embaixatriz italiana do sexo ao lado da atriz pornô Ilona Stailer, a famosa Cicciolina. 
As mais ousadas e escandalosas HQs eróticas da italiana Giovanna Casotto estão reunidas em Giovaníssima. A libertária autora italiana explora os meandros do desejo e da sexualidade feminina em imagens hiper-realistas e histórias cheias de ironia e sedução. 
Subvertendo os clichês do erotismo, Giovanna retrata mulheres poderosas, voluptuosas e sexies, que são inspiradas em suas próprias fantasias e experiências (além de terem seu próprio corpo como ponto de partida). (Editora Veneta)

 O Lost Girls. Grande E Terrível (Alan Moore)
Finalmente chega ao Brasil o terceiro e último volume de Lost Girls, uma obra-prima erótica moderna que conta as aventuras sexuais de três importantes personagens femininas fictícias do final do século 19 e início do século 20: Alice, de Alice no País das Maravilhas; Dorothy Gale, de O Mágico de Oz; e Wendy Darling, de Peter Pan. Elas se encontram já adultas em 1913 num luxuoso hotel austríaco para descrever, descobrir e partilhar entre si algumas de suas aventuras eróticas, contando como cada uma delas descobriu os prazeres do sexo. 
Bem. . . isso foi o que aconteceu nos primeiros volumes, neste terceiro livro, entretanto, diversos tabus sexuais serão quebrados e mostrados numa beleza poética não apenas literária, mas também visual! (Editora Devir)

✔ Criminosos do Sexo. Uma Estranha Habilidade (Matt Fraction e Chip Zdarsky)
Suzie era uma garota como qualquer outra e tudo na sua vida parecia ser um tédio só, até o dia em que, ao ter seu primeiro orgasmo, o tempo parou... literalmente! Então, durante uma festa, ela e Jon se apaixonam e, ao fazerem sexo, vem outra revelação inesperada: ele também tem o mesmo poder bizarro! Conforme seu relacionamento prossegue e suas histórias sexuais vão sendo exploradas, os dois decidem fazer o que qualquer casal que consegue parar o tempo depois de fazer sexo faria: roubar bancos! Assim, o estranho dupla inicia uma série de planos mirabolantes, sem saber que outras pessoas estão monitorando o que acontece quando o tempo está congelado... E aí as coisas começam a complicar de verdade! Nesta aventura sexual cheia de bom humor, Suzie é a nossa guia por esse mundo colorido e picante de Criminosos do Sexo, uma das séries em quadrinhos mais cultuadas da atualidade! 
Escrita pelo premiado Matt Fraction e belamente ilustrada por Chip Zdarsky, Criminosos do Sexo é uma série mensal publicada nos EUA pela Image Comics desde setembro de 2013. Este primeiro volume que está sendo lançado no Brasil pela DEVIR reúne as primeiras 5 edições e traz uma seção de extras recheada de capas, pin-ups, sketches, entrevistas, making of etc. Criminosos do Sexo foi indicada a dois Eisner Awards em 2014, incluindo Melhor Série Contínua, e venceu na categoria de Melhor Nova Série. Em fevereiro deste ano, Matt Fraction assinou contrato com a Universal TV para uma versão nas telinhas. Além de estar em primeiro lugar no ranking dos mais vendidos do New York Times, Criminosos do Sexo também foi considerado o “melhor quadrinho do ano” pela TIME e “a melhor estreia de 2013” pela Rolling Stone. Se você tinha alguma dúvida sobre sexo, mas sentia vergonha de perguntar, é bem possível que as respostas estejam nas páginas dessa nova série em quadrinhos. Se não, pode ter certeza de que a diversão será garantida! (Editora Devir)

 Quimeras (Milo Manara)
Milo Manara, o mais famoso quadrinista europeu da atualidade, faz com esse álbum uma homenagem a outros mestres do nanquim e da pintura. Coloca sensualidade em uma história do Asterix, faz sua versão de Barbarella, usa cores para lembrar do pintor Marc Chagall e faz uma história sobre o pintor renascentista Veronese que prefigura muito seu mais recente best-seller: Caravaggio. 
Uma edição de luxo, na qual Manara mostra seu talento com o traço em preto e branco, mas também nas páginas em cores.
Apesar de ser um trabalho concebido por um homem, os traços finos de Manara e suas cenas devassas em lugares inusitados sempre agradaram o público feminino. (Editora Veneta)

Veja Também:
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
2 Comentários

2 comentários :

  1. Olha não sabia que tinha quadrinhos desse tipo para mulheres, interessante.

    ritinhaangrl.com.br

    ResponderExcluir
  2. Achei as indicações bem bacanas, mas quando se trata de erotismo, ainda prefiro os romances!! rs...
    beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir

O Dito pelo Maldito é um blog voltado para a literatura de contracultura . Seus textos são provocativos, críticos, cínicos e debochados, muitas vezes não tomando partido em uma questão apenas para poder agir como uma espécie de Advogado do Diabo do caso.
Na verdade um anti-blog criado para falar bem,...de tudo que você odeia.