terça-feira, 9 de agosto de 2016

DarkSide lança clássico que originou o filme "O Homem que Caiu na Terra" estrelado por Bowie

O Homem que Caiu na Terra tornou-se um verdadeiro clássico da literatura e uma das mais refinadas, sutis e delicadas ficções científicas já escritas. Publicado originalmente em 1963, ganhou reconhecimento em todo o planeta com a adaptação para o cinema dirigida por Nicolas Roeg em 1976. O filme também marcou a estreia de David Bowie no cinema encarnando o protagonista alienígena - para quem o papel parecia ter sido especialmente pensado (o que não foi o caso): um ser andrógino, impúbere, alto para os padrões terráqueos, delicado, magro, polido e que tenta se adaptar à vida terrestre para sobreviver entre os humanos.
Sinopse: Thomas Jerome Newton veio de Anthea para a Terra em uma missão desesperada para salvar os poucos habitantes que ficaram em seu longínquo e desconhecido planeta. Para isso, precisa construir aqui uma nave que possa trazer os 300 de sua espécie que ainda vivem em um planeta onde a água acabou e os recursos são cada vez mais escassos.
Com conhecimento e inteligência muito superior aos humanos, Newton logo se torna um bem sucedido empresário do ramo de patentes tecnológicas e também descobre a solidão, o desespero e o álcool - criando uma delicada parábola sobre as mudanças que estavam ocorrendo entre os anos 1950, com o início da Guerra Fria.
Escrito com vigor e com uma prosa carregada de tensão poética, Walter Tevis produziu uma das ficções científicas mais realistas sobre um alienígena que vai absorvendo o dia a dia, o jeito e os vícios humanos aos poucos. Realista o suficiente para se tornar uma metáfora daquilo que todos nós carregamos: uma indescritível angústia e solidão existencial.
A trajetória fugaz de Newton em uma Terra que já começava a acelerar seus passos rumo à degradação acaba por dizer algo urgente sobre a nossa vida e o propósito dela aqui, muito mais do que fazer refletir sobre a longínqua Anthea.
Bowie eternizou o personagem com seu estranho olhar, sotaque e cabelos laranjas incandescentes e deu vida a uma constelação de possibilidades para nós, simples terráqueos. Ziggy, Major Tom, Alladin Sane, Halloween Jack são poeira desse extraterrestre que transformou a cena musical, o cinema e a cultura pop.
A DarkSide® vai resgatar as origens do mestre camaleão e sua incursão no mundo da sétima arte. Livros que marcaram gerações e também transformaram a cabeça de Bowie e o levaram a sonhar muito além do céu e da terra. Ele se tornou uma estrela real e se juntou às constelações para continuar a nos guiar por lugares e mundos que ainda não exploramos. A nossa viagem só está começando. 
Obrigado, Major Tom. Obrigado Mr. Tevis.
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
1 Comentários

Um comentário :

  1. Esse livro deve ser ótimo!!
    Valeu pela dica!
    beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir