terça-feira, 11 de outubro de 2016

5 Livros para ler se você sente falta da série: 'Dr. House'

Todos temos nossas series favoritas, e se dependesse de nós, elas seriam produzidas ad infinitum para o nosso bel prazer; mas infelizmente o formato deste produto tende a passar por nossas vidas durante anos, marcar instantaneamente todo uma geração e deixar nada mais do que muita saudade ao fim de sua última temporada.
Foi pensando nisso que criamos este espaço banzo, com o intuito de indicar livros que possuam conceitos semelhantes ao de séries passadas, e assim tentar resgatar um pouco do espírito que projetou o sucesso desses programas.
House, M.D.
No Brasil Dr. House, é uma aclamada série médica norte-americana criada por David Shore e exibida originalmente nos Estados Unidos pela Fox de 16 de novembro de 2004 a 21 de maio de 2012. Seu personagem principal é o Dr. Gregory House, interpretado pelo ator inglês Hugh Laurie. A série passa-se num hospital universitário fictício chamado Princeton-Plainsboro Teaching Hospital, na cidade de Princeton no estado de Nova Jersey.
House é um infectologista e nefrologista que se destaca não só pela capacidade de elaborar excelentes diagnósticos diferenciais, como também pelo seu mau humor, ceticismo e pelo seu distanciamento dos pacientes, comportamento anti-social (misantropia), já que ele considera completamente desnecessário interagir com eles. House comumente entra em conflito com os médicos do hospital, incluindo sua própria equipe de diagnóstico, porque a maior parte de seus diagnósticos a respeito das doenças dos pacientes são baseados em hipóteses controversas e pouco prováveis.
Portanto, se você gostava de 'DR. HOUSE', então vai adorar ler...

 A Arte de ser Desagradável (Jim Knipfel)
Delinquência juvenil. internações psiquiátricas. tentativas de suicídio. anos e anos se dedicando a infernizar a vida alheia. Após muito tempo chafurdando na merda. Jim Knipfel conclui. com doses altas de piadas de mau gosto e teor alcoólico elevado. que não vale a pena passar a vida sendo um babaca. E apesar de todo o vandalismo. dos furtos. da tentativa de incêndio criminoso. das brincadeiras cretinas. não se arrepende de nada do que fez (exceto talvez ter recusado o trabalho de dublagem para um comercial de fraldas geriátricas).
Neste livro, o autor se debruça sobre a questão da alma e descobre que a decadência pode ser evitada - seu novo credo, que chama de Budismo para Cachaceiros, oferece salvação a ateus do mundo inteiro. O autor conclui, nesta obra com piadas de mau gosto, que não vale a pena passar a vida sendo um imbecil. (Editora Bertrand Brasil)



 O Quinto Frasco (Michael Palmer)
Qual o fim das amostras de sangue tiradas regularmente nos laboratórios médicos ao redor do mundo? Será que possuem alguma serventia, além de prover o diagnóstico do paciente? Quais interesses estão em jogo?
Em Boston, a estudante de medicina Natalie Reis é enviada por seu mentor a um congresso sobre transplantes no Rio de Janeiro em um momento conturbado de sua vida acadêmica - após enfrentar seu superior na residência médica, é suspensa da faculdade por quatro meses. Em um hospital na África Ocidental, o cientista Joseph Anson, que está morrendo de uma incurável moléstia do pulmão, desenvolve uma substância que pode salvar milhões de vidas. Em Chicago, Ben Callahan, um detetive até então desiludido com sua vida, está determinado a encontrar a identidade de um jovem, morto em uma pequena estrada da Flórida, com misteriosas marcas pelo corpo.
Essas pessoas aparentemente não possuem ligação entre si, mas algo fará com que seus caminhos se cruzem e suas vidas se liguem para sempre. (Editora Prumo)



 A Vida na Porta da Geladeira (Alice Kuipers)
Um livro sobre arranjar tempo para quem se ama quando o próprio tempo está se esgotando...
Se o seu mundo virasse de ponta-cabeça, você seria capaz de se apegar ao que realmente importa?
A vida na porta da geladeira é um retrato íntimo do relacionamento de uma médica que está sempre trabalhando muito com a filha adolescente durante um ano decisivo na vida das duas.
Narrado sensivelmente por meio de recados escritos às pressas deixados pelas duas na porta da geladeira, o livro mostra como o dia a dia atribulado em que vivemos às vezes nos rouba o tempo para as pessoas que amamos.
Incrivelmente comovente e inspirador, esse romance de estreia de Alice Kuipers explora o que realmente significa ser uma "boa mãe" e uma "boa filha".
Também nos faz lembrar que podemos dizer muito em poucas palavras. Basta fazê-lo com carinho. (Editora Martins Fontes)



 Coma (Robin Cook)
Médico de formação, com prodigiosa imaginação, sempre atento na escolha de temas polêmicos, Robin Cook é muito bem-sucedido neste suspense médico que relata as investigações de Susan Wheeler, bela estudante de Medicina designada para o prestigioso Boston Memorial Hospital. Logo no primeiro dia do seu internato, Susan estranha o elevado número de pacientes que entram na sala de cirurgia para pequenos procedimentos e acabam em... coma. Todos os casos acontecem com pacientes jovens e saudáveis, que saem das cirurgias com os cérebros irremediavelmente comprometidos. 
Intrigada, Susan faz pesquisa minuciosa nos relatórios do hospital e chega a uma conclusão alarmante: há uma trama criminosa entre os médicos envolvendo o comércio de órgãos para transplante. Ao revelar sua intenção em desvendar o mistério, ela corre sério risco de vida. (Editora BestBolso)




 Uma História Meio que Engraçada (Ned Vizzini)
O que aconteceria se você descobrisse que a maior idealização da sua vida não era aquilo que você esperava? O adolescente Graig Gilner vai perceber que, até mesmo ao atingir um objetivo, nem sempre as coisas saem da forma como deveriam. Mas aprenderá também que, mesmo nas adversidades, é possível fazer novos amigos, se apaixonar e encontrar motivos para viver. Como muitos adolescentes determinados a vencer na vida, Craig Gilner acredita que a sua entrada na Executive Pre-Professional High School de Manhattan é o passaporte para o seu futuro. Obstinado a ter uma vida de sucesso, Craig estuda dia e noite para gabaritar no exame de admissão, e consegue. A partir daí, o que deveria ser o dia mais importante da sua vida, acaba marcando o início de um sufocante pesadelo. 
“Uma história meio que engraçada” é um livro clássico da literatura YA. Lançado em 2007 nos Estados Unidos, até hoje figura entre os mais vendidos do gênero. Em 2010, a história foi transformada em um filme que se tornou imediatamente cult "Se enlouquecer, não se apaixone". O humor de Vizzini é profundo, com foco não só no impacto cômico de alguma situação, mas no humor em si, na necessidade do riso e na percepção de que é ok – até mesmo necessário – dar risada quando as coisas parecem estar ruins (Editora Leya)


Veja Também:
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
0 Comentários

0 . :

Postar um comentário