sexta-feira, 14 de outubro de 2016

7 Dicas simples para você parar de enrolar e finalmente publicar o seu livro

Dizem que há um livro escondido dentro de cada um de nós, mas ninguém explica direito como tirar essa obra do nosso interior. Embora a maioria fantasie que basta colocar os dedos sobre o teclado e deixar a imaginação fluir, as coisas nem sempre são tão simples como gostaríamos que fosse.
No entanto, com a auto-publicação, agora se tem uma opção mais viável e acessível para dar vida ao seu projeto. Mas por onde começar essa jornada árdua, armado apenas de boas intenções e uma ideia original na cabeça? Você está preparado para os sacrifícios de ser um escritor?
Para responder a esta importante questão, a escritora britânica Rachel Abbott, que já vendeu mais de dois milhões de cópias desde a sua primeira obra auto-publicada, apresentou alguns conselhos válidos para quem quer começar a escrever, ou publicar, um livro:

Fique motivado
Eu acho que Agatha Christie foi feliz quando disse que: "O melhor momento para elaborar um livro, é quando você está lavando os pratos." Se você tem uma ideia para uma história na cabeça, só depende de você para que ela saia e veja a luz do dia. Só porque você não está necessariamente sentado e escrevendo, nada te impede em pensar na elaboração do enredo, ou refletir sobre os seus personagens.
Sempre esteja preparado para anotar esses lampejos em um caderno, ou gravando no celular. A inspiração é uma visita mal educada que chega sem avisar, e vai embora sem se despedir.

Crie uma rotina
A escrita é uma experiência solitária, por isso é necessário estar focado e comprometido com o seu projeto. E ter uma rotina é importante e útil nesse caso.
Estou sempre na minha mesa às 8 da manhã, em geral, pelos sete dias da semana. Costumo trabalhar até o início da noite, talvez com uma hora de descanso para poder sentar calmamente em uma cadeira confortável logo após o almoço e pensar sobre meus personagens, e o que eles podem pensar e sentir em um ponto específico da história.
Eu também gosto de planejar e enredo em detalhes antes de finalmente embarcar na história. Mesmo assim, a trama pode mudar drasticamente antes de eu chegar ao fim, mas, uma vez que tenho a estrutura no lugar e estou confiante de que ela funciona, é difícil ficar sem inspiração.

Tenha um plano
Comece com um bom plano. Eu preciso entender as grandes linhas da história, antes de descobrir como elas vão interligar umas com as outras. A trama começa a definir algumas das características do meu protagonista, e eu desenvolvo os perfis detalhados de cada personagem, incluindo fotografias de como eu acho que eles seriam, qual a sua história de fundo, o que eles gostam de beber, que tipo de roupa que vestem, e assim por diante.
Faço algo semelhante com os locais, Eu sempre preciso saber as casas, as ruas e os materiais que compõe o ambiente intimamente, para que eu sempre possa adicionar uma linha aqui e ali para mostrar uma visão consistente do lugar. Somente quando tenho tudo o que preciso organizado, eu começo a escrever.
Determine uma certa quantidade de palavras para escrever todos os dias. Pode começar com cerca de 2.000, mas após a ideia tomar forma, pode ir aumentando esse número gradualmente.
Editar, editar e editar
A coisa mais importante que você pode fazer pelo seu livro, é editá-lo com um profissional. Eu não sabia o que os editores faziam até escrever o meu primeiro livro. Eles comentam sobre o ritmo da história, os personagens, a narrativa, e tantos outros aspectos da obra, afim de moldá-la para ser o melhor possível.

Os últimos retoques
Nessa etapa tudo que você precisa é de um bom título, e uma capa condizente com o seu trabalho. No site da Amazon, você ainda tem a opção de incluir algumas palavras-chave que irão destacar o seu livro, e você também precisa selecionar duas categorias para ajudar os leitores a encontrarem seu livro. É importante pensar cuidadosamente sobre esses itens. Não é muito inteligente incluir o seu livro apenas na categoria de Thriller, por exemplo, porque existem centenas de outros livros para competir. É melhor detalhar uma sub-categoria para melhoras as chances de conseguir uma boa classificação nas buscas.
O livro também deve conter uma página indicando od direitos autorais, agradecimentos e informações sobre o autor. Eu recomendaria também incluir um link para um site ou blog onde os leitores podem inscrever-se para entrar na sua lista, assim você poderá notificá-los quando lançar um novo livro.

Imprensa pública
Publicar o seu livro é relativamente uma tarefa fácil, e se você estiver publicando no formato digital pela Amazon, as coisas podem andar ainda mais rápido. Mas levar esse lançamento a conhecimento público já é algo mais complicado. Para isso você vai precisar contar com uma boa relação com os canais e sites especializados. Clique aqui para conhecer algumas dicas para que o seu livro não seja ignorado pela imprensa literária.
E finalmente...
Cada um de nós temos nossa própria ideia de sucesso. Para alguns, é suficiente apenas ter um livro publicado igual ao seu autor favorito. Mesmo que apenas cinco pessoas compre um exemplar, nada impede que você sinta orgulho desse feito. E você deveria estar orgulhoso mesmo, porque essa é uma grande conquista.
Para outros, a aclamação da crítica já é algo mais importante. Se for esse o seu caso, enviar o livro para o máximo de leitores que conseguir encontrar, é a chave para atingir seus sonhos.
Mas se, como a maioria dos autores independentes que conheci, você quer atingir altos índices de venda, preciso avisar que o trabalho será árduo, e só está começando.

Veja também:
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
1 Comentários

Um comentário :