quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Ideias motivadoras para ajudar escritores preguiçosos

Pode parecer um mero detalhe social para alguns, mas se tem um traço de personalidade que eu invejo, são aquelas pessoas que sabem como presentear o outro. Já eu, sou uma negação nessa prática. É mais fácil eu acertar na loteria, do que acertar em um presente para alguém. Tanto que já desisti disso faz tempo, e hoje em dia me limito apenas a dar livros de presente.
E quando se trata de um escritor, seja ele aspirante ou profissional, a coisa toda fica ainda mais complicada. É provável que ele já tenha tudo que julga necessário para dar início a sua arte, e uma oferta de ajuda da sua parte pode até ser encarada como um aborrecimento, a não ser que você encontre um produto bem bizarro ligado ao mercado literário para surpreender como presente.
Então, aqui sugerimos idéias de algumas coisas realmente úteis que você pode fazer pelo seu amigo escritor:

Chantagem
É um jogo sujo, mas situações drásticas pedem soluções drásticas, seu amigo escritor precisa terminar sua obra, e é seu dever ajudá-lo com essa missão. Primeiro tente da forma amigável, sugerindo que ele escreva três cartas reveladoras com segredos constrangedores de cunho pessoal endereçada a três pessoas importantes da vida dele, como a namorada, pais, desafetos, etc... e ameace enviá-las pelos correios, caso ele não termine o livro. Se ele dificultar as coisas, você pode partir para uma tática mais agressiva e hackear o computador dele a procura de algo que ele detestaria que viesse a público. Seu amigo escreverá como nunca escreveu antes.

Ao estilo Annie Wilkes
Se você leu o clássico Misery, ou assistiu a versão cinematográfica da obra de Stephen King, então já sabe o que fazer. E se você não conhecer esse livro, corra imediatamente para a livraria mais próxima para preencher essa lacuna em suas leituras de terror.
A ideia é aprisionar o escritor em algum quarto de uma casa de campo por um feriadão inteiro, talvez encher a dispensa apenas com comidas que ele detesta, e forcá-lo a despejar toda sua fúria criativa em um notebook (offline) para que possa ver a luz do dia o quanto antes.

Finja que conseguiu o que ele tanto queria
Existe uma maneira rápida e simples de chatear o seu amigo escritor. Diga que uma editora se interessou pela sua ideia para uma história, e já teria te oferecido uma pequena quantia pelo livro pronto. Mesmo que você nunca tenha demonstrado qualquer interesse em publicar algo antes. Se ele perguntar sobre o enredo do seu argumento, eu sugiro descrevê-lo como um "Fanfic de Crepúsculo com alguns toques pessoais, e os nomes dos personagens trocados." Espere um mês e então volte ao assunto anunciando que já recebeu o adiantamento e o convidando para comemorar a conquista com um porre alcoólico.
Depois é só observar o ódio imundar as veias do seu amigo. Muitos autores já afirmavam que a escrita vingativa costuma ser a mais eficaz, no entanto, certifique-se de não exagerar na dose para que seu amigo não acabe deprimido e acabe desistindo de escrever.

No final de qualquer um desses processos, é possível que a sua amizade seja arruinada, mas pelo menos você terá um o livro do seu (ex)amigo para ler nos momentos de solidão. Uma obra finalmente finalizada. E você poderá se considerar o melhor amigo do mundo,... mesmo que ele não perceba isso imediatamente.

Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
0 Comentários

0 . :

Postar um comentário