sábado, 8 de abril de 2017

A livraria física da Amazon está usando formas inovadoras de agrupar os livros

Quando a Amazon anunciou seus planos para abrir livrarias físicas, o mercado literário recebeu a notícia com certa estranheza já que a empresa estava praticamente falindo esse tipo de comércio, oferecendo um serviço mais rápido, barato e conveniente para o público. Uma oferta que as livrarias normais não tinham como cobrir.
Ignorando os fatos, a Amazon abriu a sua primeira loja em novembro de 2015 no Estados Unidos, expandiu com duas outras pela Costa Oeste do país, e agora acaba de invadir a Costa Leste com mais uma unidade em Massachusetts que já inaugura com um acervo de 5.700 livros. Sejamos francos, até então, ninguém tinha prestado muita atenção neles,... Até agora.
Ao visitar a nova loja, os leitores foram surpreendidos pelas formas brilhantes que a Amazon criou para expor os seus produtos. 
Confira Abaixo:


Imagina só poder encontrar a sua própria avaliação da obra feita pela internet, sendo usada como marketing para o seu livro favorito.

Seguindo um estilo de sugestão por associação bem parecido com o que já fazemos aqui no DpM, eles mantém uma projeção que funciona muito bem na plataforma digital deles.

Como se não bastasse as milhares de avaliações que eles coletam com o site, ainda aproveitaram o site Goodreades para credibilizar as indicações.

Parece que, com uma jogada bem pensada, eles finalmente conseguiram criar novas seções dentro das livrarias.

E, claro, souberam utilizar tudo que eles possuem de melhor e diferenciado na plataforma digital, também nas lojas físicas.
Gostou? Curta nossa fanpage no Facebook...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários
0 Comentários

0 . :

Postar um comentário