A Falta de Gudang Garam

POSTADO POR: admin ter, 17 de maio de 2011

O exótico cigarro Gudang Garam está com os seus dias contados nos dedos do pé de um leproso. Seus raros degustadores já sentem o gostinho de como é agir na ilegalidade adquirindo o cigarro nos poucos locais que ainda possuem o produto, que por serem proibidos de expor o Gudang obriga os seus consumidores a conseguirem alguns poucos cigarros a varejo apenas com aquele ‘jornaleiro amigo’ que olha para os dois lados antes de sacar um maço de trás do balcão e te alertar:
-Só tem o de cravo. Mas se você estiver disposto a pagar um pouco mais, eu posso dar uns telefonemas e tentar conseguir um de menta pra você.
A Gudang Garam é a maior fabricante de cigarros da Indonésia e utiliza uma mistura de diferentes tipos de tabaco, folhas, ervas, e substâncias aromáticas, uma variação do cigarro conhecido como kretek que foi criado no fim do século XIX ao mistura-se folhas de tabaco e cravo. Seu principal objetivo eram os efeitos medicinais dessa mistura, mas hoje é vendido como um cigarro comum.
Oficialmente o que se conta é que os cigarros da Gudang Garam tem comercialização proibida no Brasil por serem considerados impróprios ao consumo pela ANVISA, agencia de vigilância sanitária. Sua importação e comercialização dependem da autorização dos órgãos governamentais e até mesmo sua venda pode ser considerada contrabando.
Mas na ‘boca pequena’ o papo que rola é que o cigarro teve esse embargo porque dribla o ‘leão’ do governo e não paga imposto pra chegar na mão do consumidor, o que deixa o valor do cigarro pela bagatela de R$ 12,00 em média o maço para o consumidor.
Sim, com esse valor o Gudang é um luxo pra poucos.
Especula-se que talvez a Marlboro esteja interessada em adquirir os direitos da marca no Brasil para poder comercializá-la livremente, o que pode ser uma esperança para os tabagistas do ramo.
Identificar e descobrir os poucos pontos estratégicos de venda do Gudang passou a ser um hobby que eu adoro praticar principalmente nas cidades que visito. Portanto, se você estiver na ‘fissura’ de fumar um desses tabacos finos e não está sabendo onde encontrar, posta um comentário e se eu já tiver passado pela sua cidade quem sabe eu possa ajudá-lo. O mesmo vale pra quem já sabe onde tem um ‘jornaleiro amigo’, compartilhe essa informação conosco para saber onde achar essa especiaria quando eu passar pela sua cidade.